Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Trabalhadores e movimentos sociais saem em campo em defesa da Petrobrás nesta terça (6)

Mobilização será em Recife, na sede administrativa da estatal

Escrito por: • Publicado em: 06/05/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 06/05/2014 - 00:00

Nesta terça-feira, 6 de maio, a FUP e seus sindicatos realizam mais um ato político em repúdio à campanha midiática da direita para tentar desmoralizar a Petrobrás.
Desta vez, a manifestação será em Recife e terá como palco a sede administrativa da estatal em Pernambuco. Ao lado da CUT, do MST e de diversos outros movimentos sociais, os petroleiros mais uma vez farão o alerta de que os ataques da mídia patrocinados pelo PSDB, DEM e PSB têm objetivos bem definidos: a disputa eleitoral e o controle do pré-sal.
Além de Recife, vários outros atos em defesa da Petrobrás estão agendados para as próximas semanas. No dia 15 de maio, uma grande manifestação está sendo preparada para o Rio de Janeiro, em frente à sede da estatal. A FUP e seus sindicatos, junto com a CUT, CTB, UNE e a Via Campesina, pretendem reunir cinco mil pessoas no ato que contará também com a participação de deputados das Frentes Parlamentares em Defesa da Petrobrás e do Pré-Sal.
Outras manifestações foram convocadas para São Paulo (27/05) e Salvador (data ainda a ser definida). Recentemente, a FUP e seus sindicatos realizaram dois grandes atos públicos em defesa da Petrobrás: dia 14 de abril, no Rio, e dia 23, na Câmara dos Deputados, em Brasília.
Os petroleiros continuarão na linha de frente por uma Petrobrás 100% pública e para que o petróleo seja um bem integralmente controlado pelo Estado e com destinação social.
Fonte: CUT Nacional

Título: Trabalhadores e movimentos sociais saem em campo em defesa da Petrobrás nesta terça (6), Conteúdo: Nesta terça-feira, 6 de maio, a FUP e seus sindicatos realizam mais um ato político em repúdio à campanha midiática da direita para tentar desmoralizar a Petrobrás. Desta vez, a manifestação será em Recife e terá como palco a sede administrativa da estatal em Pernambuco. Ao lado da CUT, do MST e de diversos outros movimentos sociais, os petroleiros mais uma vez farão o alerta de que os ataques da mídia patrocinados pelo PSDB, DEM e PSB têm objetivos bem definidos: a disputa eleitoral e o controle do pré-sal. Além de Recife, vários outros atos em defesa da Petrobrás estão agendados para as próximas semanas. No dia 15 de maio, uma grande manifestação está sendo preparada para o Rio de Janeiro, em frente à sede da estatal. A FUP e seus sindicatos, junto com a CUT, CTB, UNE e a Via Campesina, pretendem reunir cinco mil pessoas no ato que contará também com a participação de deputados das Frentes Parlamentares em Defesa da Petrobrás e do Pré-Sal. Outras manifestações foram convocadas para São Paulo (27/05) e Salvador (data ainda a ser definida). Recentemente, a FUP e seus sindicatos realizaram dois grandes atos públicos em defesa da Petrobrás: dia 14 de abril, no Rio, e dia 23, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Os petroleiros continuarão na linha de frente por uma Petrobrás 100% pública e para que o petróleo seja um bem integralmente controlado pelo Estado e com destinação social. Fonte: CUT Nacional



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.