Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Sindsep realiza plenária em defesa das bibliotecas públicas

Trabalhadores protestarão contra a entrega da administração das 52 bibliotecas municipais de São Paulo a Organizações Sociais

Escrito por: Déborah Lima • Publicado em: 17/01/2017 - 16:36 • Última modificação: 19/01/2017 - 21:09 Escrito por: Déborah Lima Publicado em: 17/01/2017 - 16:36 Última modificação: 19/01/2017 - 21:09

. .

O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias do Município de São Paulo (Sindsep) realiza nesta quinta-feira (19), às 17h30, no Centro de Formação 18 de agosto, plenária em defesa do Centro Cultural São Paulo (CCSP) e das bibliotecas públicas da cidade.

Os trabalhadores discutirão os impactos da privatização do CCSP e das bibliotecas, e traçarão uma estratégia ampla e popular em defesa das políticas públicas de cultura da Prefeitura. 

Para a quarta-feira seguinte (25), dia do aniversário de São Paulo, os bibliotecários do município estão organizando uma mobilização em frente ao CCSP para protestar contra a decisão da Administração Municipal de entregar a gestão das 52 bibliotecas da cidade a Organizações Sociais (OS).

"Abraçaço"

Marcado via Facebook, o evento — chamado de “abraçaço simbólico” —  tinha, até a tarde de ontem, mais de mil presenças confirmadas. 

Segundo os organizadores, o que se precisa é de mais “profissionais concursados, mais editais de apoio à cultura, de formação continuada para os profissionais que já trabalham no setor”.

Os bibliotecários também afirmam que “com a privatização, as OS seriam responsáveis pela gestão do sistema, resultando em precarização das condições de trabalho, bem como dos serviços oferecidos e ameaçando a qualidade e a independência da proposta cultural”.

Com informações do Sindsep e Estadão.     

Título: Sindsep realiza plenária em defesa das bibliotecas públicas, Conteúdo: O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias do Município de São Paulo (Sindsep) realiza nesta quinta-feira (19), às 17h30, no Centro de Formação 18 de agosto, plenária em defesa do Centro Cultural São Paulo (CCSP) e das bibliotecas públicas da cidade. Os trabalhadores discutirão os impactos da privatização do CCSP e das bibliotecas, e traçarão uma estratégia ampla e popular em defesa das políticas públicas de cultura da Prefeitura.  Para a quarta-feira seguinte (25), dia do aniversário de São Paulo, os bibliotecários do município estão organizando uma mobilização em frente ao CCSP para protestar contra a decisão da Administração Municipal de entregar a gestão das 52 bibliotecas da cidade a Organizações Sociais (OS). Abraçaço Marcado via Facebook, o evento — chamado de “abraçaço simbólico” —  tinha, até a tarde de ontem, mais de mil presenças confirmadas.  Segundo os organizadores, o que se precisa é de mais “profissionais concursados, mais editais de apoio à cultura, de formação continuada para os profissionais que já trabalham no setor”. Os bibliotecários também afirmam que “com a privatização, as OS seriam responsáveis pela gestão do sistema, resultando em precarização das condições de trabalho, bem como dos serviços oferecidos e ameaçando a qualidade e a independência da proposta cultural”. Com informações do Sindsep e Estadão.     



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.