Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Sindiserve Canindé convoca para vigília na Câmara Municipal

Categoria cobrará dos vereadores que pressionem prefeito a regularizar pagamento dos servidores.

Escrito por: Redação Confetam/CUT • Publicado em: 02/09/2019 - 17:07 • Última modificação: 02/09/2019 - 17:20 Escrito por: Redação Confetam/CUT Publicado em: 02/09/2019 - 17:07 Última modificação: 02/09/2019 - 17:20

. .

Servidores públicos do município de Canindé de São Francisco (SE) vão até a Câmara Municipal, nesta terça-feira (03), a partir das 18h, cobrar dos vereadores da cidade a fiscalização da Lei Municipal 121/2016, que prevê o pagamento até o 5º dia útil subsequente ao mês trabalhado.

A lei vem sendo descumprida sistematicamente pelo prefeito Ednaldo da Farmácia, o que levou a categoria a decidir pela vigília na Câmara de Vereadores para pressionar os parlamentares a cobrarem da Administração Municipal a regularização dos salários atrasados de julho de 2019.

Cinco meses sem receber

À frente da vigília, a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municiais de Canindé de São Francisco (Sindiserve) repudiou a postura da Gestão e se solidarizou com os servidores da prefeitura que estão sem receber o pagamento, entre eles médicos, enfermeiros e odontólogos. Há casos de trabalhadores contratados que acumulam até cinco meses de salários atrasados.  

Todos trabalhadores da prefeitura, sindicalizados ou não, e a população do município estão sendo convocados pelo Sindiserve para fortalecer a vigília na Câmara Municipal e garantir o direito da categoria de receber os salários em dia. “Convocamos toda a população, pois a situação está insustentável”, desabafa o presidente do Sindiserve Canindé, Emanuel Aleixo.

 

Título: Sindiserve Canindé convoca para vigília na Câmara Municipal, Conteúdo: Servidores públicos do município de Canindé de São Francisco (SE) vão até a Câmara Municipal, nesta terça-feira (03), a partir das 18h, cobrar dos vereadores da cidade a fiscalização da Lei Municipal 121/2016, que prevê o pagamento até o 5º dia útil subsequente ao mês trabalhado. A lei vem sendo descumprida sistematicamente pelo prefeito Ednaldo da Farmácia, o que levou a categoria a decidir pela vigília na Câmara de Vereadores para pressionar os parlamentares a cobrarem da Administração Municipal a regularização dos salários atrasados de julho de 2019. Cinco meses sem receber À frente da vigília, a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municiais de Canindé de São Francisco (Sindiserve) repudiou a postura da Gestão e se solidarizou com os servidores da prefeitura que estão sem receber o pagamento, entre eles médicos, enfermeiros e odontólogos. Há casos de trabalhadores contratados que acumulam até cinco meses de salários atrasados.   Todos trabalhadores da prefeitura, sindicalizados ou não, e a população do município estão sendo convocados pelo Sindiserve para fortalecer a vigília na Câmara Municipal e garantir o direito da categoria de receber os salários em dia. “Convocamos toda a população, pois a situação está insustentável”, desabafa o presidente do Sindiserve Canindé, Emanuel Aleixo.  



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.