Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

SINDISERPUM entrega ofício à prefeitura com reivindicações da Guarda Municipal

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) protocolou nesta no dia 04/04, no Gabinete da prefeita de Mossoró, ofício com as reivindicações dos integrantes da Guarda Civil Municipal.

Escrito por: • Publicado em: 09/05/2013 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 09/05/2013 - 00:00
Veja aqui o documento.
O documento apresenta a demanda da categoria e inclui: imediata revogação do Regime Disciplinar Individual (RDI), flexibilização da permuta, implantação do plano de carreira, melhores condições de trabalho (cessão de Equipamentos de Segurança Individual – EPI´s), cumprimento imediato da Gratificação de Desempenho de Serviço (GDES) e garantia de duplas nos postos de trabalho.
Os guardas também reivindicam porte de arma, isenção pecuniária de acidentes ocorridos no exercício da função (motorista e motociclista), pagamento de horas extras, auxílio-fardamento e curso de tiro (cuja verba já foi disponibilizada pelo Ministério da Justiça).
Ontem, os guardas civis realizaram ato público em protesto contra o não-atendimento às reivindicações da categoria. O ato teve início às 7h, no largo da Cobal. Em seguida, os manifestantes saíram em caminhada pelas ruas do Centro, em direção à sede da Prefeitura. Pararam em frente à Câmara Municipal, onde chamaram a atenção da população e dos vereadores para a situação da categoria e, depois, se dirigiram ao Palácio da Resistência (sede da prefeitura), onde também protestaram.
O ato foi liderado pelo SINDISERPUM, com o apoio da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN).
Fonte: SindiSerpum
Título: SINDISERPUM entrega ofício à prefeitura com reivindicações da Guarda Municipal, Conteúdo: Veja aqui o documento. O documento apresenta a demanda da categoria e inclui: imediata revogação do Regime Disciplinar Individual (RDI), flexibilização da permuta, implantação do plano de carreira, melhores condições de trabalho (cessão de Equipamentos de Segurança Individual – EPI´s), cumprimento imediato da Gratificação de Desempenho de Serviço (GDES) e garantia de duplas nos postos de trabalho. Os guardas também reivindicam porte de arma, isenção pecuniária de acidentes ocorridos no exercício da função (motorista e motociclista), pagamento de horas extras, auxílio-fardamento e curso de tiro (cuja verba já foi disponibilizada pelo Ministério da Justiça). Ontem, os guardas civis realizaram ato público em protesto contra o não-atendimento às reivindicações da categoria. O ato teve início às 7h, no largo da Cobal. Em seguida, os manifestantes saíram em caminhada pelas ruas do Centro, em direção à sede da Prefeitura. Pararam em frente à Câmara Municipal, onde chamaram a atenção da população e dos vereadores para a situação da categoria e, depois, se dirigiram ao Palácio da Resistência (sede da prefeitura), onde também protestaram. O ato foi liderado pelo SINDISERPUM, com o apoio da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (FETAM/RN). Fonte: SindiSerpum



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.