Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Sindicatos filiados à CUT entregam ao governador de Sergipe ofício com reivindicações

Entidades cobram diálogo nas negociações e mais transparência

Escrito por: • Publicado em: 20/03/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 20/03/2014 - 00:00

Lideranças de 16 sindicatos filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT-SE) protocolaram na última sexta-feira, 14, no Palácio Governador Albano Franco, em Aracaju, um ofício com reivindicações de diversas categorias de servidores públicos do Estado de Sergipe.

Os sindicalistas discordam da forma como vem sendo feito o cálculo do gasto com pessoal, contestando a informação de que o Estado está no limite previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
A alegação de déficit no pagamento das folhas de aposentados e pensionistas administrada pelo Sergipe Previdência, melhorias no IPESAÚDE, revisão salarial que não houve, referente ao ano de 2013, assim como a revisão salarial de 2014, são alguns dos principais pontos abordados pelos sindicalistas no documento que foi entregue ao governador Jackson Barreto (PMDB).
O movimento também reivindica que o governo de Sergipe até o fim do mês de março adote uma agenda prioritária para receber as entidades sindicais que representam os servidores e empregados públicos estaduais. Outro ponto da pauta apresentada é a composição paritária com efetiva participação de trabalhadores na Composição do Conselho Estadual do Sergipe Previdência.
O vice-presidente da CUT-SE, Roberto Silva, explica que a desestruturação da Mesa de Negociação Permanente do Estado força os sindicatos de servidores públicos estaduais a buscar novas alternativas para fazer avançar a luta sindical.
Além da CUT-SE, as entidades que assinam o ofício são SINDIFISCO, SINDICONAM/SE, SINDIMUSE, SINDIJOR, SINDTIC, SINDIPEN, SINDIVIPSE, SINDIPREV, SINTESE, SINTRADISPEM, SINTER/SE, SINDOMESTICO, SINDASSE, GRUPO ATITUDE – OPOSIÇÃO SINTASA, STASE e SINDISAN. O documento foi construído e aprovado na manhã da última quinta-feira, 13/03, no auditório da CUT/SE durante lançamento do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais.
Fonte: Iracema Corso/CUT-SE
Título: Sindicatos filiados à CUT entregam ao governador de Sergipe ofício com reivindicações, Conteúdo: Lideranças de 16 sindicatos filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT-SE) protocolaram na última sexta-feira, 14, no Palácio Governador Albano Franco, em Aracaju, um ofício com reivindicações de diversas categorias de servidores públicos do Estado de Sergipe. Os sindicalistas discordam da forma como vem sendo feito o cálculo do gasto com pessoal, contestando a informação de que o Estado está no limite previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal. A alegação de déficit no pagamento das folhas de aposentados e pensionistas administrada pelo Sergipe Previdência, melhorias no IPESAÚDE, revisão salarial que não houve, referente ao ano de 2013, assim como a revisão salarial de 2014, são alguns dos principais pontos abordados pelos sindicalistas no documento que foi entregue ao governador Jackson Barreto (PMDB). O movimento também reivindica que o governo de Sergipe até o fim do mês de março adote uma agenda prioritária para receber as entidades sindicais que representam os servidores e empregados públicos estaduais. Outro ponto da pauta apresentada é a composição paritária com efetiva participação de trabalhadores na Composição do Conselho Estadual do Sergipe Previdência. O vice-presidente da CUT-SE, Roberto Silva, explica que a desestruturação da Mesa de Negociação Permanente do Estado força os sindicatos de servidores públicos estaduais a buscar novas alternativas para fazer avançar a luta sindical. Além da CUT-SE, as entidades que assinam o ofício são SINDIFISCO, SINDICONAM/SE, SINDIMUSE, SINDIJOR, SINDTIC, SINDIPEN, SINDIVIPSE, SINDIPREV, SINTESE, SINTRADISPEM, SINTER/SE, SINDOMESTICO, SINDASSE, GRUPO ATITUDE – OPOSIÇÃO SINTASA, STASE e SINDISAN. O documento foi construído e aprovado na manhã da última quinta-feira, 13/03, no auditório da CUT/SE durante lançamento do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais. Fonte: Iracema Corso/CUT-SE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.