Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores de Itapipoca em greve ocupam prédio da Prefeitura

Os servidores prometem ficar noite e dia em vigília e só deixarão o local quando observarem avanço nas negociações.

Escrito por: • Publicado em: 24/07/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 24/07/2014 - 00:00

Os servidores de Itapipoca realizaram na manhã de hoje (23/06), na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep), mais uma assembleia que deliberou pela continuidade do movimento grevista na cidade, tendo em vista que em audiência ontem com a Prefeitura não foi atendida nenhuma das pautas econômicas dos trabalhadores. Sendo assim, os servidores que lotaram o auditório nesta manhã, decidiram ocupar a sede das Secretarias de Educação e Saúde, que funcionam no mesmo prédio.
Os funcionários públicos pleiteiam: reajuste adicional de 4,9% para os professores; retroativo salarial do magistério, correspondentes aos meses de janeiro, fevereiro e março; universalização da política da reserva de um terço da carga-horária dos professores para planejamento e atividades extraclasse; reajuste dos demais servidores que ganham próximo ao salário mínimo para R$ 750,00; universalização da gratificação dos profissionais da saúde; e recondução da gratificação de professores de escolas de tempo integral.
Fonte: FETAMCE

Título: Servidores de Itapipoca em greve ocupam prédio da Prefeitura, Conteúdo: Os servidores de Itapipoca realizaram na manhã de hoje (23/06), na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep), mais uma assembleia que deliberou pela continuidade do movimento grevista na cidade, tendo em vista que em audiência ontem com a Prefeitura não foi atendida nenhuma das pautas econômicas dos trabalhadores. Sendo assim, os servidores que lotaram o auditório nesta manhã, decidiram ocupar a sede das Secretarias de Educação e Saúde, que funcionam no mesmo prédio. Os funcionários públicos pleiteiam: reajuste adicional de 4,9% para os professores; retroativo salarial do magistério, correspondentes aos meses de janeiro, fevereiro e março; universalização da política da reserva de um terço da carga-horária dos professores para planejamento e atividades extraclasse; reajuste dos demais servidores que ganham próximo ao salário mínimo para R$ 750,00; universalização da gratificação dos profissionais da saúde; e recondução da gratificação de professores de escolas de tempo integral. Fonte: FETAMCE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.