Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores/as de Concórdia na luta por melhores condições de trabalho

Mobilização reúne servidores/as para lutar por melhores condições de trabalho.

Escrito por: • Publicado em: 02/05/2013 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 02/05/2013 - 00:00

Os/as funcionários/as públicos municipais dos mais diversos setores estiveram reunidos na praça de Concórdia no dia 30 de abril, na Mobilização pela Valorização do Servidor. Mais de 100 trabalhadores/as estiveram presentes, com faixas, cartazes e apitos, buscando o apoio dos vereadores e da população e principalmente com o objetivo de sensibilizar o prefeito para que retire o projeto de reajuste da Câmara de Vereadores e volte com as negociações.
Conforme o presidente do Sindicato, Valdomiro Tafarel, a Manifestação já foi uma grande vitória. “Mostra que estamos unidos, mostra que a decisão que tivemos na Assembleia, de rejeitar a proposta imposta pelo Executivo, permanece. Gostaríamos muito de receber uma resposta positiva da prefeitura, para que se retomem as mesas de negociações, porque acreditamos que isso é democracia”, destacou Tafarel.
Na mobilização ainda foram entregues materiais para a população, sempre com o objetivo de informar a realidade. Uma das informações dava conta de que o prefeito não está nem perto do limite sugerido pela Lei de Responsabilidade Fiscal para percentuais gastos com folha de pagamento. Outro dado relata a Portaria nº 260, que fixa o salário das agentes de saúde em 950,00, mas atualmente essas profissionais recebem 730,00.
Conforme nota da Administração Municipal, veiculada na imprensa, o Executivo não vai retirar o projeto da Câmara de Vereadores. Se isso realmente acontecer, o Sindicato prepara uma nova mobilização na segunda-feira, 06 de maio, em que os/as servidores/as também participarão da sessão na Câmara, quando poderá ser lido o projeto.
Fonte: CUT Nacional

Título: Servidores/as de Concórdia na luta por melhores condições de trabalho, Conteúdo: Os/as funcionários/as públicos municipais dos mais diversos setores estiveram reunidos na praça de Concórdia no dia 30 de abril, na Mobilização pela Valorização do Servidor. Mais de 100 trabalhadores/as estiveram presentes, com faixas, cartazes e apitos, buscando o apoio dos vereadores e da população e principalmente com o objetivo de sensibilizar o prefeito para que retire o projeto de reajuste da Câmara de Vereadores e volte com as negociações.Conforme o presidente do Sindicato, Valdomiro Tafarel, a Manifestação já foi uma grande vitória. “Mostra que estamos unidos, mostra que a decisão que tivemos na Assembleia, de rejeitar a proposta imposta pelo Executivo, permanece. Gostaríamos muito de receber uma resposta positiva da prefeitura, para que se retomem as mesas de negociações, porque acreditamos que isso é democracia”, destacou Tafarel. Na mobilização ainda foram entregues materiais para a população, sempre com o objetivo de informar a realidade. Uma das informações dava conta de que o prefeito não está nem perto do limite sugerido pela Lei de Responsabilidade Fiscal para percentuais gastos com folha de pagamento. Outro dado relata a Portaria nº 260, que fixa o salário das agentes de saúde em 950,00, mas atualmente essas profissionais recebem 730,00. Conforme nota da Administração Municipal, veiculada na imprensa, o Executivo não vai retirar o projeto da Câmara de Vereadores. Se isso realmente acontecer, o Sindicato prepara uma nova mobilização na segunda-feira, 06 de maio, em que os/as servidores/as também participarão da sessão na Câmara, quando poderá ser lido o projeto.Fonte: CUT Nacional



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.