Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Seminário da Fetam/RN delibera pela constituição de Coletivo de Comunicação

Seminários são o primeiro passo para a criação do Coletivo de Comunicação da Confetam.

Escrito por: Confetam • Publicado em: 02/12/2015 - 18:28 • Última modificação: 07/12/2015 - 18:54 Escrito por: Confetam Publicado em: 02/12/2015 - 18:28 Última modificação: 07/12/2015 - 18:54

. Coordenador do FNDC, Rafael Mesquita foi o palestrante do evento

Democratização da mídia foi o tema do I Seminário Estadual de Comunicação da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (Fetam/RN), realizado no dia 21 de novembro, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caicó (Sindiservs). Como resolução do seminário, foram dados encaminhamentos pela criação do Coletivo de Comunicação da Fetam/RN.

O evento é fruto do Plano de Ação desenvolvido pelo setor de Comunicação da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam). O plano prevê a realização de seminários de formação nos Estados das Federações filiadas, com o objetivo de fundar o Coletivo Nacional de Comunicação da Confetam.

Entusiasta da criação de Coletivos de Comunicação nas entidades sindicais, o jornalista Rafael Mesquita, assessor de comunicação da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce) e coordenador do Comitê Regional do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), foi convidado pela Confetam para ministrar a palestra de abertura.

Por um controle social dos meios de comunicação

Segundo o coordenador do FNDC, um dos principais objetivos dos movimentos sociais que lutam pela democratização da mídia no país é pressionar o Governo Federal a regulamentar os artigos 220 a 224 do Capítulo V da Constituição Federal, que estabelecem regras para a Comunicação Social no Brasil, a maioria delas desrespeitada. É o caso do artigo 220, que proíbe os meios de comunicação de serem, direta ou indiretamente, objeto de monopólio ou oligopólio.   

Nesse sentido, os participantes do seminário chegaram à conclusão de que é preciso lutar para que os monopólios e oligopólios da mídia sejam superados e que os meios de comunicação se submetam ao controle social, beneficiando toda a sociedade, particularmente a classe trabalhadora.

O debate também contou com a exposição do assessor de comunicação da Fetam/RN, Márcio Alexandre, que abordou o tema “Comunicação da FETAM/RN: desafios e perspectivas”, e com as presenças dos dirigentes da Fetamce Rafael Fernandes, secretário de LGBT, Ana Cláudia Melo, secretária-geral, além de Nadja Carneiro, representante da Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT/CE). Os trabalhos foram coordenados pela secretária de Comunicação da Fetam/RN, Socorro Freitas.

Seminários serão realizados pela Confetam por todo Brasil

“A Fetam/RN sai na frente, sendo a primeira das 17 federações filiadas a sediar o Seminário de Comunicação, que será realizado pela Confetam por todo o Brasil na perspectiva de instituirmos o Coletivo de Comunicação da Confederação. Os seminários são o primeiro passo para, na sequência, criarmos os coletivos”, reforçou a presidente da entidade, Vilani Oliveira.

Entre as deliberações do I Seminário de Comunicação da Fetam/RN, destacam-se a filiação da Federação ao Comitê/Frente do FNDC no Estado e a apresentação, aos prefeitos e governador, de pauta específica que inclua a democratização da verba publicitária para o financiamento da comunicação pública e comunitária e o estímulo à criação do canal da cidadania do RN. Foi deliberado ainda que as demandas serão analisadas pelo Coletivo de Comunicação recém-criado.

Com informações da Fetam/RN

Título: Seminário da Fetam/RN delibera pela constituição de Coletivo de Comunicação, Conteúdo: Democratização da mídia foi o tema do I Seminário Estadual de Comunicação da Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (Fetam/RN), realizado no dia 21 de novembro, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caicó (Sindiservs). Como resolução do seminário, foram dados encaminhamentos pela criação do Coletivo de Comunicação da Fetam/RN. O evento é fruto do Plano de Ação desenvolvido pelo setor de Comunicação da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam). O plano prevê a realização de seminários de formação nos Estados das Federações filiadas, com o objetivo de fundar o Coletivo Nacional de Comunicação da Confetam. Entusiasta da criação de Coletivos de Comunicação nas entidades sindicais, o jornalista Rafael Mesquita, assessor de comunicação da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Ceará (Fetamce) e coordenador do Comitê Regional do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), foi convidado pela Confetam para ministrar a palestra de abertura. Por um controle social dos meios de comunicação Segundo o coordenador do FNDC, um dos principais objetivos dos movimentos sociais que lutam pela democratização da mídia no país é pressionar o Governo Federal a regulamentar os artigos 220 a 224 do Capítulo V da Constituição Federal, que estabelecem regras para a Comunicação Social no Brasil, a maioria delas desrespeitada. É o caso do artigo 220, que proíbe os meios de comunicação de serem, direta ou indiretamente, objeto de monopólio ou oligopólio.    Nesse sentido, os participantes do seminário chegaram à conclusão de que é preciso lutar para que os monopólios e oligopólios da mídia sejam superados e que os meios de comunicação se submetam ao controle social, beneficiando toda a sociedade, particularmente a classe trabalhadora. O debate também contou com a exposição do assessor de comunicação da Fetam/RN, Márcio Alexandre, que abordou o tema “Comunicação da FETAM/RN: desafios e perspectivas”, e com as presenças dos dirigentes da Fetamce Rafael Fernandes, secretário de LGBT, Ana Cláudia Melo, secretária-geral, além de Nadja Carneiro, representante da Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT/CE). Os trabalhos foram coordenados pela secretária de Comunicação da Fetam/RN, Socorro Freitas. Seminários serão realizados pela Confetam por todo Brasil “A Fetam/RN sai na frente, sendo a primeira das 17 federações filiadas a sediar o Seminário de Comunicação, que será realizado pela Confetam por todo o Brasil na perspectiva de instituirmos o Coletivo de Comunicação da Confederação. Os seminários são o primeiro passo para, na sequência, criarmos os coletivos”, reforçou a presidente da entidade, Vilani Oliveira. Entre as deliberações do I Seminário de Comunicação da Fetam/RN, destacam-se a filiação da Federação ao Comitê/Frente do FNDC no Estado e a apresentação, aos prefeitos e governador, de pauta específica que inclua a democratização da verba publicitária para o financiamento da comunicação pública e comunitária e o estímulo à criação do canal da cidadania do RN. Foi deliberado ainda que as demandas serão analisadas pelo Coletivo de Comunicação recém-criado. Com informações da Fetam/RN



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.