Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Reunião articula Frente pela Legalização do Aborto no Ceará

Encontro será na noite desta segunda (02), na Faculdade de Educação da UFC. Confetam estará representada pela secretária de Mulheres, Ozaneide de Paulo.

Escrito por: Redação Confetam/CUT • Publicado em: 02/09/2019 - 14:51 Escrito por: Redação Confetam/CUT Publicado em: 02/09/2019 - 14:51

. .

A Frente Nacional contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto promove às 18h30 desta segunda-feira (02), na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (Faced), reunião de articulação da frente estadual.

Na pauta, a construção coletiva do 28 de Setembro, data em que é celebrado o Dia Latino-Americano e Caribenho de Luta pela Descriminalização do Aborto. A iniciativa surgiu a partir de reunião da Frente Nacional, realizada no dia 15 de outubro em Brasília, logo após a Marcha das Margaridas.

O desafio agora é organizar as frentes estaduais em todo o país. Algumas entidades já constituem a Frente Nacional, como a CUT, a Secretaria de Mulheres do PT, do PCdoB e do PSol, UBM, AMB e MMM. Demais entidades estaduais com acúmulo ou interesse no tema podem ajudar na construção do 28 de Setembro participando da reunião.

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) é uma das entidades articuladoras da frente no estado e estará presente no encontro representada pela secretária de Mulheres, Ozaneide de Paulo.

 

Título: Reunião articula Frente pela Legalização do Aborto no Ceará, Conteúdo: A Frente Nacional contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto promove às 18h30 desta segunda-feira (02), na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (Faced), reunião de articulação da frente estadual. Na pauta, a construção coletiva do 28 de Setembro, data em que é celebrado o Dia Latino-Americano e Caribenho de Luta pela Descriminalização do Aborto. A iniciativa surgiu a partir de reunião da Frente Nacional, realizada no dia 15 de outubro em Brasília, logo após a Marcha das Margaridas. O desafio agora é organizar as frentes estaduais em todo o país. Algumas entidades já constituem a Frente Nacional, como a CUT, a Secretaria de Mulheres do PT, do PCdoB e do PSol, UBM, AMB e MMM. Demais entidades estaduais com acúmulo ou interesse no tema podem ajudar na construção do 28 de Setembro participando da reunião. A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) é uma das entidades articuladoras da frente no estado e estará presente no encontro representada pela secretária de Mulheres, Ozaneide de Paulo.  



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.