Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Protesto dos professores de Maracanaú fecha CE 060 por quase três horas

Em estado de greve, eles reivindicam reajuste de 11,36%, o fim dos sábados letivos, reajuste do auxílio alimentação, aumento salarial dos secretários escolares e reposição de perdas salariais.

Escrito por: Suprema • Publicado em: 29/01/2016 - 00:45 • Última modificação: 02/02/2016 - 17:16 Escrito por: Suprema Publicado em: 29/01/2016 - 00:45 Última modificação: 02/02/2016 - 17:16

. Protesto ocorreu em frente à Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa)

Professores da rede pública de Maracanaú realizaram uma mobilização, na manhã desta quinta-feira (28/01), em frente à Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa/CE), CE 060, no Distrito Industrial. Centenas de trabalhadores, liderados pelo Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema), fecharam a rodovia por quase três horas.

Os servidores reivindicam o reajuste salarial de 11,36%, autorizado pelo Ministério da Educação (MEC), o fim dos sábados letivos, reajuste do auxílio alimentação, aumento salarial dos secretários escolares e as perdas salariais acumuladas devido aos reajustes abaixo da média estipulada pelo Ministério oferecido pela gestão municipal da cidade.

Na última quarta-feira, 27, aconteceu também um seminário, na sede do Sindicato, com pelo menos um representante de cada escola da rede pública onde se discutiu a receita de educação do município. Conforme o encontro, Maracanaú tem lastro financeiro para atender às demandas dos funcionários.

De acordo com a diretoria do Sindicato, a categoria criou um calendário de lutas com atos regionais em toda rede pública, mobilizando todos os servidores à assembleia geral para a decisão de anunciar a greve, caso a prefeitura não atenda as propostas reivindicadas.

Além de atos regionais, o calendário inclui uma comitiva, chamada de “Bloco da Liseira”, pelas principais ruas de Maracanaú no próximo dia 4, véspera de carnaval. A concentração ocorrerá em frente à sede do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação, na rua Manoel Pereira, 191, às 16 horas.

Calendário de Luta:

11/02 – Regional II – Local: Praça da Escola Adauto Ferreira (Timbó) – 15 horas

12/02 – Regional III – Local: Praça do Dionísio (Pajuçara) – 15 horas

15/02 – Regional I – Local: CDL (Final da Av. 5 do Jereissati I) – 15 horas

16/02 – Regional IV – Local: No Campo em Frente à Escola Júlio Cesar (Alto Alegre) – 9 horas

16/02 – Regional V – Local: Praça do Novo Oriente (Av. Central) – 15 horas

17/02- Regional VI – Local: Praça da Escola Valdênia (Parque São João) – 15 horas

18/02 – Assembleia Geral – Local: a definir – 15 horas

Título: Protesto dos professores de Maracanaú fecha CE 060 por quase três horas, Conteúdo: Professores da rede pública de Maracanaú realizaram uma mobilização, na manhã desta quinta-feira (28/01), em frente à Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa/CE), CE 060, no Distrito Industrial. Centenas de trabalhadores, liderados pelo Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema), fecharam a rodovia por quase três horas. Os servidores reivindicam o reajuste salarial de 11,36%, autorizado pelo Ministério da Educação (MEC), o fim dos sábados letivos, reajuste do auxílio alimentação, aumento salarial dos secretários escolares e as perdas salariais acumuladas devido aos reajustes abaixo da média estipulada pelo Ministério oferecido pela gestão municipal da cidade. Na última quarta-feira, 27, aconteceu também um seminário, na sede do Sindicato, com pelo menos um representante de cada escola da rede pública onde se discutiu a receita de educação do município. Conforme o encontro, Maracanaú tem lastro financeiro para atender às demandas dos funcionários. De acordo com a diretoria do Sindicato, a categoria criou um calendário de lutas com atos regionais em toda rede pública, mobilizando todos os servidores à assembleia geral para a decisão de anunciar a greve, caso a prefeitura não atenda as propostas reivindicadas. Além de atos regionais, o calendário inclui uma comitiva, chamada de “Bloco da Liseira”, pelas principais ruas de Maracanaú no próximo dia 4, véspera de carnaval. A concentração ocorrerá em frente à sede do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação, na rua Manoel Pereira, 191, às 16 horas. Calendário de Luta: 11/02 – Regional II – Local: Praça da Escola Adauto Ferreira (Timbó) – 15 horas 12/02 – Regional III – Local: Praça do Dionísio (Pajuçara) – 15 horas 15/02 – Regional I – Local: CDL (Final da Av. 5 do Jereissati I) – 15 horas 16/02 – Regional IV – Local: No Campo em Frente à Escola Júlio Cesar (Alto Alegre) – 9 horas 16/02 – Regional V – Local: Praça do Novo Oriente (Av. Central) – 15 horas 17/02- Regional VI – Local: Praça da Escola Valdênia (Parque São João) – 15 horas 18/02 – Assembleia Geral – Local: a definir – 15 horas



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.