Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Processo participativo marca a construção do VIII Congresso da Fetamce

Cerca de 350 delegados, além de mais de 50 observadores e convidados foram o público do VIII Congresso da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

Escrito por: • Publicado em: 06/06/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 06/06/2014 - 00:00

O evento, que será realizado de seis a oito de junho, no Hotel Parque das Fontes, em Beberibe, teve início com a realização de encontro da diretoria executiva da Fetamce e do seu conselho diretor, formado por um representante de cada um dos 146 sindicatos de servidores filiado à entidade.
As seções estaduais deram início, portanto, ao processo preparatório para o Congresso, que tive sequência com a realização de assembleias e encontros locais, percorrendo todas as regiões do Ceará, que levaram à eleição dos delegados servidores municipais que participarão do encontro, representando o contingente de mais de 60 mil servidores municipais sindicalizados.
Entre os destaques deste processo, está a maior bancada, de Quixadá e região, com 28 delegados, seguido por Itapipoca e região, com 24 representantes, e Caucaia, com 16 incumbidos de representar o município.
Com o tema central “Servidores municipais construindo a Democracia”, o Congresso é a instância máxima de representação da Fetamce, com a participação de delegados e delegadas servidores, que serão responsáveis pela atualização das linhas políticas da entidade e pela eleição dos membros que irão compor a nova direção pelos próximos três anos.
“Estamos mobilizados para realizarmos um excelente Congresso. Realizamos uma série de visitas nos sindicatos, todas elas marcadas por muito debate”, afirma a secretária de finanças da Federação, Luciene Oliveira.
Já Ozaneide de Paula, secretária-geral da entidade, compara a atual edição do evento a anterior. “Assim como em 2011, tivemos uma grande mobilização local, que impulsionou um participativo Congresso, mas ainda fomos surpreendidos com o tamanho da atual edição do evento, pois nosso contingente aumentou, refletindo num evento que será, com certeza, muito mais rico e onde destacaremos as nossas principais bandeiras”, ressalta.
Enedina Soares, presidenta da Fetamce, fala da expectativa com o novo Congresso: “Nossa ideia é de crescimento e fortalecimento e temos aqui uma agenda que unifica a classe trabalhadora do serviço público municipal”, revela. A dirigente diz que objetivo é reunir as forças locais em um ato político para consolidar essa aliança estadual. “Pretendemos fazer um debate avançado acerca das nossas principais propostas, e acima de tudo, a luta por um projeto de desenvolvimento com valorização do trabalho”, finalizou.
Pauta
Um dos principais momentos da atividade é a discussão da agenda de lutas dos funcionários públicos do Ceará, que inclui, entre as metas, a constituição de um município decente e democrático, com trabalhadores comprometidos com a oferta de serviços públicos de qualidade. “Isso passa pela adoção de medidas de promoção do trabalho decente no serviço público municipal, que se dá por meio da remuneração adequada, com trabalho exercido em condições de liberdade, equidade e segurança, livre de quaisquer formas de discriminação e capaz de garantir uma vida digna a todas as pessoas que vivem de seu trabalho”, exemplifica o documento base do Congresso.
Segundo as propostas, a valorização do trabalhador e dos direitos fundamentais no trabalho estariam garantidos através da criação de mais e melhores empregos, conquistados através de concursos público e relações de trabalho montadas sob a extensão da proteção e diálogo social.
Fonte: FETAMCE

Título: Processo participativo marca a construção do VIII Congresso da Fetamce, Conteúdo: O evento, que será realizado de seis a oito de junho, no Hotel Parque das Fontes, em Beberibe, teve início com a realização de encontro da diretoria executiva da Fetamce e do seu conselho diretor, formado por um representante de cada um dos 146 sindicatos de servidores filiado à entidade. As seções estaduais deram início, portanto, ao processo preparatório para o Congresso, que tive sequência com a realização de assembleias e encontros locais, percorrendo todas as regiões do Ceará, que levaram à eleição dos delegados servidores municipais que participarão do encontro, representando o contingente de mais de 60 mil servidores municipais sindicalizados. Entre os destaques deste processo, está a maior bancada, de Quixadá e região, com 28 delegados, seguido por Itapipoca e região, com 24 representantes, e Caucaia, com 16 incumbidos de representar o município. Com o tema central “Servidores municipais construindo a Democracia”, o Congresso é a instância máxima de representação da Fetamce, com a participação de delegados e delegadas servidores, que serão responsáveis pela atualização das linhas políticas da entidade e pela eleição dos membros que irão compor a nova direção pelos próximos três anos. “Estamos mobilizados para realizarmos um excelente Congresso. Realizamos uma série de visitas nos sindicatos, todas elas marcadas por muito debate”, afirma a secretária de finanças da Federação, Luciene Oliveira. Já Ozaneide de Paula, secretária-geral da entidade, compara a atual edição do evento a anterior. “Assim como em 2011, tivemos uma grande mobilização local, que impulsionou um participativo Congresso, mas ainda fomos surpreendidos com o tamanho da atual edição do evento, pois nosso contingente aumentou, refletindo num evento que será, com certeza, muito mais rico e onde destacaremos as nossas principais bandeiras”, ressalta. Enedina Soares, presidenta da Fetamce, fala da expectativa com o novo Congresso: “Nossa ideia é de crescimento e fortalecimento e temos aqui uma agenda que unifica a classe trabalhadora do serviço público municipal”, revela. A dirigente diz que objetivo é reunir as forças locais em um ato político para consolidar essa aliança estadual. “Pretendemos fazer um debate avançado acerca das nossas principais propostas, e acima de tudo, a luta por um projeto de desenvolvimento com valorização do trabalho”, finalizou. Pauta Um dos principais momentos da atividade é a discussão da agenda de lutas dos funcionários públicos do Ceará, que inclui, entre as metas, a constituição de um município decente e democrático, com trabalhadores comprometidos com a oferta de serviços públicos de qualidade. “Isso passa pela adoção de medidas de promoção do trabalho decente no serviço público municipal, que se dá por meio da remuneração adequada, com trabalho exercido em condições de liberdade, equidade e segurança, livre de quaisquer formas de discriminação e capaz de garantir uma vida digna a todas as pessoas que vivem de seu trabalho”, exemplifica o documento base do Congresso. Segundo as propostas, a valorização do trabalhador e dos direitos fundamentais no trabalho estariam garantidos através da criação de mais e melhores empregos, conquistados através de concursos público e relações de trabalho montadas sob a extensão da proteção e diálogo social. Fonte: FETAMCE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.