Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Pelotas: Trabalhadores em educação paralisam e fazem ato de protesto nesta quinta (24)

Os trabalhadores municipais em educação paralisam as atividades e realizam ato de protesto nesta quinta-feira, dia 24.

Escrito por: • Publicado em: 24/04/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 24/04/2014 - 00:00

A informação é da presidente do Sindicato dos Municipários, Tatiane Lopes Rodrigues, acrescentando que além da paralisação os trabalhadores em educação estarão concentrados em frente à Prefeitura onde realizam almoço a partir das 11h, denominado “Carreteiro dos sem…(sem piso, sem condições de trabalho e sem mínimo nacional)”.
À tarde a atividade será denominada “A Educação vai à Forra”, quando a Prefeitura será forrada com faixas e cartazes denunciando à população o descaso e o desrespeito do Governo Municipal com a nossa educação. “Esta atividade é necessária para sensibilizar a comunidade com relação ao descaso com a educação em Pelotas”, salienta Tatiane.
“Estaremos realizando no horário do almoço o “Carreteiro dos Sem…Sem Piso, sem condições de trabalho, sem mínimo nacional. E à tarde vamos forrar a Prefeitura com cartazes que trazem nossas pautas e da comunidade, como o não cumprimento da Lei do Piso, contratação absurda da empresa Falconi, péssimas condições de trabalho, sucateamento dos locais de trabalho (salas de lata, material didático e pedagógico escasso, falta de cuidadores para portadores de necessidades especiais, falta de merenda escolar, bibliotecas defasadas, muros caídos como no caso do Pelotense) e o não pagamento nem do mínimo nacional aos trabalhadores da educação”, salienta Tatiane Lopes Rodrigues.
A presidente do Simp informa ainda que além do carreteiro normal, será preparado um especial, “vegano”, sem utilização de produtos de origem animal, respeitando aqueles trabalhadores que são adeptos deste tipo de alimentação.
Fonte: SIMP

Título: Pelotas: Trabalhadores em educação paralisam e fazem ato de protesto nesta quinta (24), Conteúdo: A informação é da presidente do Sindicato dos Municipários, Tatiane Lopes Rodrigues, acrescentando que além da paralisação os trabalhadores em educação estarão concentrados em frente à Prefeitura onde realizam almoço a partir das 11h, denominado “Carreteiro dos sem…(sem piso, sem condições de trabalho e sem mínimo nacional)”. À tarde a atividade será denominada “A Educação vai à Forra”, quando a Prefeitura será forrada com faixas e cartazes denunciando à população o descaso e o desrespeito do Governo Municipal com a nossa educação. “Esta atividade é necessária para sensibilizar a comunidade com relação ao descaso com a educação em Pelotas”, salienta Tatiane. “Estaremos realizando no horário do almoço o “Carreteiro dos Sem…Sem Piso, sem condições de trabalho, sem mínimo nacional. E à tarde vamos forrar a Prefeitura com cartazes que trazem nossas pautas e da comunidade, como o não cumprimento da Lei do Piso, contratação absurda da empresa Falconi, péssimas condições de trabalho, sucateamento dos locais de trabalho (salas de lata, material didático e pedagógico escasso, falta de cuidadores para portadores de necessidades especiais, falta de merenda escolar, bibliotecas defasadas, muros caídos como no caso do Pelotense) e o não pagamento nem do mínimo nacional aos trabalhadores da educação”, salienta Tatiane Lopes Rodrigues. A presidente do Simp informa ainda que além do carreteiro normal, será preparado um especial, “vegano”, sem utilização de produtos de origem animal, respeitando aqueles trabalhadores que são adeptos deste tipo de alimentação. Fonte: SIMP



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.