Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Pelotas: Municopários em greve a partir desta quinta

Os municipários iniciam nesta quinta-feira, a partir das 12h30min, a greve decidida na assembleia geral realizada na tarde de segunda-feira.

Escrito por: • Publicado em: 05/06/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 05/06/2014 - 00:00

A data e horário foram definidos para que seja respeitado o prazo de 48 horas de anterioridade para comunicação formal ao Executivo quanto à decisão da categoria, o que foi cumprido.
“Para evitar possíveis pedidos de ilegalidade do nosso movimento por parte do Executivo, estamos obedecendo ao prazo legal para o início da greve”, salienta a presidente do Sindicato dos Municipários, Tatiane Lopes Rodrigues.
Tatiane critica as tentativas do Executivo de pressionar os servidores nos locais de trabalho para que não paralisem suas atividades. “A categoria está indignada com a intransigência do Governo, que não avança nas propostas de reajuste salarial e do valor do vale alimentação”.
A presidente do Simp salienta que está comprovado que há espaço para melhorar a proposta do Governo e que o limite no percentual de gastos com o funcionalismo ainda não foi atingido. “O que ocorre é a intransigência do Executivo, que não melhora em nada os índices oferecidos”, critica.
“A partir desta quinta esperamos um grande movimento de greve por parte da categoria”, finaliza a presidente do Sindicato dos Municipários.
Fonte: SIMP

Título: Pelotas: Municopários em greve a partir desta quinta, Conteúdo: A data e horário foram definidos para que seja respeitado o prazo de 48 horas de anterioridade para comunicação formal ao Executivo quanto à decisão da categoria, o que foi cumprido. “Para evitar possíveis pedidos de ilegalidade do nosso movimento por parte do Executivo, estamos obedecendo ao prazo legal para o início da greve”, salienta a presidente do Sindicato dos Municipários, Tatiane Lopes Rodrigues. Tatiane critica as tentativas do Executivo de pressionar os servidores nos locais de trabalho para que não paralisem suas atividades. “A categoria está indignada com a intransigência do Governo, que não avança nas propostas de reajuste salarial e do valor do vale alimentação”. A presidente do Simp salienta que está comprovado que há espaço para melhorar a proposta do Governo e que o limite no percentual de gastos com o funcionalismo ainda não foi atingido. “O que ocorre é a intransigência do Executivo, que não melhora em nada os índices oferecidos”, critica. “A partir desta quinta esperamos um grande movimento de greve por parte da categoria”, finaliza a presidente do Sindicato dos Municipários. Fonte: SIMP



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.