Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Pelotas: municipários paralisam e vão à Câmara na sexta-feira

Os municipários irão para acompanhar a Audiência Pública em que serão abordados os itens incluídos no documento denominado “Plataforma dos Municipários”.

Escrito por: • Publicado em: 09/04/2013 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 09/04/2013 - 00:00

Conforme aprovado na assembleia geral da categoria realizada no último dia 04, os municipários paralisam suas atividades nesta sexta-feira, dia 12, nos três turnos, comparecendo à Câmara de Vereadores, a partir das 9h30min, para acompanhar a Audiência Pública em que serão abordados os itens incluídos no documento denominado “Plataforma dos Municipários”.
Na “Plataforma dos Municipários” constam as reivindicações colhidas nas diversas assembleias, plenárias e reuniões setoriais realizadas pelo Simp especificamente com este fim, antes das eleições municipais de 2012, e entregues para conhecimento das coligações que disputavam o pleito.
Segundo a vice-presidente do Simp, Tatiane Lopes Rodrigues, “a audiência pública tem o papel de aproximar e esclarecer o legislativo e a comunidade da Plataforma dos Municipários que foi apresentada ao então candidato Eduardo Leite e reafirmada na agenda de janeiro com o senhor prefeito”.
“Queremos o apoio da comunidade e do Legislativo Municipal para pressionar o Executivo a fim de encaminhar os temas constantes da Plataforma, entre estes a regulamentação do adicional de risco de vida, insalubridade, risco de vida, triênios, CIPAs, incentivo aos Agentes Comunitários de Saúde, entre outros”, salienta Tatiane.


Título: Pelotas: municipários paralisam e vão à Câmara na sexta-feira, Conteúdo: Conforme aprovado na assembleia geral da categoria realizada no último dia 04, os municipários paralisam suas atividades nesta sexta-feira, dia 12, nos três turnos, comparecendo à Câmara de Vereadores, a partir das 9h30min, para acompanhar a Audiência Pública em que serão abordados os itens incluídos no documento denominado “Plataforma dos Municipários”. Na “Plataforma dos Municipários” constam as reivindicações colhidas nas diversas assembleias, plenárias e reuniões setoriais realizadas pelo Simp especificamente com este fim, antes das eleições municipais de 2012, e entregues para conhecimento das coligações que disputavam o pleito. Segundo a vice-presidente do Simp, Tatiane Lopes Rodrigues, “a audiência pública tem o papel de aproximar e esclarecer o legislativo e a comunidade da Plataforma dos Municipários que foi apresentada ao então candidato Eduardo Leite e reafirmada na agenda de janeiro com o senhor prefeito”. “Queremos o apoio da comunidade e do Legislativo Municipal para pressionar o Executivo a fim de encaminhar os temas constantes da Plataforma, entre estes a regulamentação do adicional de risco de vida, insalubridade, risco de vida, triênios, CIPAs, incentivo aos Agentes Comunitários de Saúde, entre outros”, salienta Tatiane.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.