Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Pedro II: Consultor do MDA vem a Pedro II discutir sobre merenda escolar

Escrito por: • Publicado em: 18/09/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 18/09/2014 - 00:00

Com o objetivo de criar estratégias para incluir novos agricultores familiares entre os fornecedores de produtos para a merenda escolar no município, a Secretaria Municipal de Educação promoveu encontro com a presença de um representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Durante o evento foi feita uma explanação sobre as mudanças na modalidade do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). O PAA promove a aquisição de alimentos de agricultores familiares, diretamente, ou por meio de suas associações/cooperativas, com dispensa de licitação, destinando-os à formação de estoques governamentais ou à doação para pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, atendidas por programas sociais locais.
Segundo a secretária de Educação, professora Adriana Costa, quanto mais agricultores familiares participarem do programa, mais qualidade será agregada à merenda escolar dos alunos. “Para isto, estamos mostrando os avanços do programa em nosso município”, disse.
A nutricionista Renata Luiza Lima informou que a SEMED já está chegando próximo da meta mínima preconizada pelo programa. “Gradativamente, estamos chegando próximo dos trinta por cento, que é nossa primeira meta”, disse.
Para o representante do MDA, Adão Costa Silva, os avanços que Pedro II mostra nesse setor são animadores. “Só o fato dos agricultores familiares estarem entendendo a proposta já é um grande avanço. E o município já abraçou a ideia, chegando próximo de atingir a meta estabelecida”, disse.
Segundo o consultor do MDA, a sua vinda também foi para conhecer, de perto, essa experiência com a agricultura familiar no PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Aos técnicos da Prefeitura, membros do COMSEA e aos agricultores familiares, ele repassou informações e procedimentos para o bom funcionamento do programa.
Além de técnicos da SEMED, participaram do encontro representantes do setor de licitação do município, do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA) e agricultores familiares.
As escolas que já contam com o serviço são: Vovó Inácia, Anexo Vovó Inácia, Tia Alice, Anexo Tia Alice, Chapeuzinho Vermelho, Inês Passos Galvão, Maria de Jesus Campelo e Monsenhor Lotário Weber. Essas escolas estão recebendo, periodicamente, produtos como cheiro verde, alface, limão, maracujá, pão, polpa de fruta e galinha caipira.
REP.EDIÇÃO:JB
Fonte: Secretaria de Comunicação
Título: Pedro II: Consultor do MDA vem a Pedro II discutir sobre merenda escolar, Conteúdo: Com o objetivo de criar estratégias para incluir novos agricultores familiares entre os fornecedores de produtos para a merenda escolar no município, a Secretaria Municipal de Educação promoveu encontro com a presença de um representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Durante o evento foi feita uma explanação sobre as mudanças na modalidade do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). O PAA promove a aquisição de alimentos de agricultores familiares, diretamente, ou por meio de suas associações/cooperativas, com dispensa de licitação, destinando-os à formação de estoques governamentais ou à doação para pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, atendidas por programas sociais locais. Segundo a secretária de Educação, professora Adriana Costa, quanto mais agricultores familiares participarem do programa, mais qualidade será agregada à merenda escolar dos alunos. “Para isto, estamos mostrando os avanços do programa em nosso município”, disse. A nutricionista Renata Luiza Lima informou que a SEMED já está chegando próximo da meta mínima preconizada pelo programa. “Gradativamente, estamos chegando próximo dos trinta por cento, que é nossa primeira meta”, disse. Para o representante do MDA, Adão Costa Silva, os avanços que Pedro II mostra nesse setor são animadores. “Só o fato dos agricultores familiares estarem entendendo a proposta já é um grande avanço. E o município já abraçou a ideia, chegando próximo de atingir a meta estabelecida”, disse. Segundo o consultor do MDA, a sua vinda também foi para conhecer, de perto, essa experiência com a agricultura familiar no PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Aos técnicos da Prefeitura, membros do COMSEA e aos agricultores familiares, ele repassou informações e procedimentos para o bom funcionamento do programa. Além de técnicos da SEMED, participaram do encontro representantes do setor de licitação do município, do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA) e agricultores familiares. As escolas que já contam com o serviço são: Vovó Inácia, Anexo Vovó Inácia, Tia Alice, Anexo Tia Alice, Chapeuzinho Vermelho, Inês Passos Galvão, Maria de Jesus Campelo e Monsenhor Lotário Weber. Essas escolas estão recebendo, periodicamente, produtos como cheiro verde, alface, limão, maracujá, pão, polpa de fruta e galinha caipira. REP.EDIÇÃO:JB Fonte: Secretaria de Comunicação



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.