Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

No Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, Confetam homenageia as servidoras municipais

Entidade aproveita o Dia da Mulher para convocar as servidoras públicas municipais para o Dia Nacional de Paralisação, na próxima quarta-feira (15)

Escrito por: Confetam • Publicado em: 08/03/2017 - 15:42 • Última modificação: 12/03/2017 - 22:31 Escrito por: Confetam Publicado em: 08/03/2017 - 15:42 Última modificação: 12/03/2017 - 22:31

. .

No Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, celebrado neste 8 de março, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) homenageia todas as servidoras municipais brasileiras, sem as quais os serviços públicos oferecidos pelas 5.570 prefeituras do Brasil não funcionariam. 

Em escolas, hospitais, creches, postos de saúde ou qualquer serviço essencial, são essas elas que estão na linha de frente do atendimento ao povo brasileiro, especialmente à população mais carente para quem o serviço público é absolutamente imprescindível.

São mulheres que, ao dedicarem-se à profissão, entregam-se também à missão de cuidar e ao compromisso de servir, enfrentando muitas vezes baixos salários, grandes jornadas de trabalho e pouco reconhecimento do poder público e, muitas vezes, da própria população a que servem.

Mais do que reconhecimento, neste Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, as servidoras públicas municipais exigem repeito com a história de luta e de conquistas das mulheres, hoje seriamente ameaçadas pelo governo ilegítimo de Michel Temer.

E só há uma forma de conquistarmos o respeito do governo golpista: demonstrando nas ruas a força da mulher brasileira para barrar as contrarreformas que, se aprovadas, desmontarão todos os direitos trabalhistas e previdenciários das trabalhadoras dos setores público e privado, sem distinção.

Este 8 de março marca o início do calendário de lutas de 2017 contra o projeto neoliberal que põe em risco o nosso futuro, o de nossos filhos e netos. Vamos hastear nossas bandeiras e mantê-las erguidas até 15 de março, Dia Nacional de Paralisação, quando as servidoras municipais voltarão às ruas de todo o Brasil contra o desmonte do Estado e dos direitos sociais de mulheres e homens.

Título: No Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, Confetam homenageia as servidoras municipais, Conteúdo: No Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, celebrado neste 8 de março, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) homenageia todas as servidoras municipais brasileiras, sem as quais os serviços públicos oferecidos pelas 5.570 prefeituras do Brasil não funcionariam.  Em escolas, hospitais, creches, postos de saúde ou qualquer serviço essencial, são essas elas que estão na linha de frente do atendimento ao povo brasileiro, especialmente à população mais carente para quem o serviço público é absolutamente imprescindível. São mulheres que, ao dedicarem-se à profissão, entregam-se também à missão de cuidar e ao compromisso de servir, enfrentando muitas vezes baixos salários, grandes jornadas de trabalho e pouco reconhecimento do poder público e, muitas vezes, da própria população a que servem. Mais do que reconhecimento, neste Dia Internacional da Mulher Trabalhadora, as servidoras públicas municipais exigem repeito com a história de luta e de conquistas das mulheres, hoje seriamente ameaçadas pelo governo ilegítimo de Michel Temer. E só há uma forma de conquistarmos o respeito do governo golpista: demonstrando nas ruas a força da mulher brasileira para barrar as contrarreformas que, se aprovadas, desmontarão todos os direitos trabalhistas e previdenciários das trabalhadoras dos setores público e privado, sem distinção. Este 8 de março marca o início do calendário de lutas de 2017 contra o projeto neoliberal que põe em risco o nosso futuro, o de nossos filhos e netos. Vamos hastear nossas bandeiras e mantê-las erguidas até 15 de março, Dia Nacional de Paralisação, quando as servidoras municipais voltarão às ruas de todo o Brasil contra o desmonte do Estado e dos direitos sociais de mulheres e homens.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.