Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Confetam/CUT participa do 30º Congresso Mundial da Internacional de Serviços Públicos em Genebra

Entidade será representada no evento pela secretária de Finanças, Paula Leite, e pela secretária-geral, Jucélia Vargas.

Escrito por: Fetamce • Publicado em: 30/10/2017 - 16:53 • Última modificação: 30/10/2017 - 17:14 Escrito por: Fetamce Publicado em: 30/10/2017 - 16:53 Última modificação: 30/10/2017 - 17:14

. .

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) participa, de 30 de outubro a 3 de novembro, em Genebra (Suíça), do 30º Congresso Mundial da Internacional de Serviços Públicos (ISP). A entidade será representada pela secretária de Finanças, Paula Leite, e pela secretária-geral, Jucélia Vargas. Também estarão presentes a presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, e os diretores Rafael Fernandes e Socorro Pires. 

A ISP representa 20 milhões de trabalhadores organizados em mais de 700 sindicatos em 154 países e territórios. Durante o encontro, serão trocadas experiências entre os representantes desses países e debatidas estratégias para combater a onda de conservadorismo e neoliberalismo, com redução do Estado e corte de direitos trabalhistas, que avançou em diversos lugares do mundo nos últimos anos.

O Congresso é realizado a cada cinco anos. Nesta edição, a atividade celebra os 110 anos da Internacional de Serviços Públicos (1907-2017), cuja fundação também aconteceu em Genebra, e traz como tema “As pessoas acima do lucro”, que também é título do programa de ação 2018/2022. Uma vez aprovado pelos delegados do evento, o documento norteará as atividades e intervenções propostas pela ISP.

Debates

“A luta da ISP não pode ser separada das lutas mais amplas de todos os trabalhadores, ou das lutas pela democracia, direitos humanos e justiça para todos”, diz o texto de introdução do material base do evento, que destaca como ameaças à população mundial contemporânea: o poder corporativo, o aumento das desigualdades, o racismo e a xenofobia. A Internacional de Serviços Públicos evidencia ainda a resisrtência dos trabalhadores do serviço público e dos sindicatos na atual crise global. “Devemos ter uma visão ousada e estar disposto a liderar”, coloca o documento.

Eixos de Trabalho:

– Dotar os meios necessários para criar o mundo que queremos;

– Respeito e dignidade para todos;

– Uma economia mundial justa;

– Direitos sindicais e trabalhistas;

– Luta contra a privatização;

– Fortalecimento setorial.

“Saímos de Fortaleza, no Ceará, com a certeza de que trabalhadores de todo o mundo se reunirão para rejeitar a privatização de nossas vidas, evidenciar as contradições da ideologia das grandes empresas, em meio ao caos criado pelo fracasso dos mercados, para construir alternativas com base no poder das organizações sindicais e lutar pela nossa convicção mais forte: pessoas acima do lucro!”, disse Enedina Soares, presidente da Fetamce.

Linguagem visual e luta

A linguagem visual criada para o Congresso da ISP também se apresenta de forma militante, sobretudo neste momento de ataques às artes. Assim, os dois elementos temáticos contemporâneos usados são: o dadaísmo, um movimento artístico suíço que acaba de celebrar o seu centenário; e o construtivismo, uma prática política artística intrinsecamente ligada à primeira revolução dos trabalhadores – que também celebra 100 anos – que louva a arte como ferramenta de mudança social.

Saiba mais sobre a ISP

A ISP é uma federação sindical global dedicada à promoção de serviços públicos de qualidade em qualquer lugar do mundo. A entidade defende os direitos humanos, promove a justiça social e o acesso universal a serviços públicos de qualidade. A Internacional trabalha com o sistema das Nações Unidas e em colaboração com entidades da sociedade civil, sindicatos e outras organizações.

Edição Déborah Lima

Título: Confetam/CUT participa do 30º Congresso Mundial da Internacional de Serviços Públicos em Genebra, Conteúdo: A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) participa, de 30 de outubro a 3 de novembro, em Genebra (Suíça), do 30º Congresso Mundial da Internacional de Serviços Públicos (ISP). A entidade será representada pela secretária de Finanças, Paula Leite, e pela secretária-geral, Jucélia Vargas. Também estarão presentes a presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), Enedina Soares, e os diretores Rafael Fernandes e Socorro Pires.  A ISP representa 20 milhões de trabalhadores organizados em mais de 700 sindicatos em 154 países e territórios. Durante o encontro, serão trocadas experiências entre os representantes desses países e debatidas estratégias para combater a onda de conservadorismo e neoliberalismo, com redução do Estado e corte de direitos trabalhistas, que avançou em diversos lugares do mundo nos últimos anos. O Congresso é realizado a cada cinco anos. Nesta edição, a atividade celebra os 110 anos da Internacional de Serviços Públicos (1907-2017), cuja fundação também aconteceu em Genebra, e traz como tema “As pessoas acima do lucro”, que também é título do programa de ação 2018/2022. Uma vez aprovado pelos delegados do evento, o documento norteará as atividades e intervenções propostas pela ISP. Debates “A luta da ISP não pode ser separada das lutas mais amplas de todos os trabalhadores, ou das lutas pela democracia, direitos humanos e justiça para todos”, diz o texto de introdução do material base do evento, que destaca como ameaças à população mundial contemporânea: o poder corporativo, o aumento das desigualdades, o racismo e a xenofobia. A Internacional de Serviços Públicos evidencia ainda a resisrtência dos trabalhadores do serviço público e dos sindicatos na atual crise global. “Devemos ter uma visão ousada e estar disposto a liderar”, coloca o documento. Eixos de Trabalho: – Dotar os meios necessários para criar o mundo que queremos; – Respeito e dignidade para todos; – Uma economia mundial justa; – Direitos sindicais e trabalhistas; – Luta contra a privatização; – Fortalecimento setorial. “Saímos de Fortaleza, no Ceará, com a certeza de que trabalhadores de todo o mundo se reunirão para rejeitar a privatização de nossas vidas, evidenciar as contradições da ideologia das grandes empresas, em meio ao caos criado pelo fracasso dos mercados, para construir alternativas com base no poder das organizações sindicais e lutar pela nossa convicção mais forte: pessoas acima do lucro!”, disse Enedina Soares, presidente da Fetamce. Linguagem visual e luta A linguagem visual criada para o Congresso da ISP também se apresenta de forma militante, sobretudo neste momento de ataques às artes. Assim, os dois elementos temáticos contemporâneos usados são: o dadaísmo, um movimento artístico suíço que acaba de celebrar o seu centenário; e o construtivismo, uma prática política artística intrinsecamente ligada à primeira revolução dos trabalhadores – que também celebra 100 anos – que louva a arte como ferramenta de mudança social. Saiba mais sobre a ISP A ISP é uma federação sindical global dedicada à promoção de serviços públicos de qualidade em qualquer lugar do mundo. A entidade defende os direitos humanos, promove a justiça social e o acesso universal a serviços públicos de qualidade. A Internacional trabalha com o sistema das Nações Unidas e em colaboração com entidades da sociedade civil, sindicatos e outras organizações. Edição Déborah Lima



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.