Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Mossoró (RN): Atentados em locais de trabalho poderiam ter sido evitados, revela SINDISERPUM

Os recentes atentados ocorridos em escolas e unidades de saúde de Mossoró poderiam ter sido evitados.

Escrito por: • Publicado em: 17/07/2012 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 17/07/2012 - 00:00

É que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) já havia solicitado da prefeitura que colocasse a guarda municipal nos locais de trabalho.
“A falta de segurança nos locais de trabalho tem se acentuado a cada dia e nós do SINDISERPUM há tempos estamos alertando a prefeitura sobre isso, inclusive já havíamos feito a solicitação, mas infelizmente a administração municipal ignorou nosso pedido”, lamenta a presidenta do SINDISERPUM, Marilda Sousa.
A sindicalista lembra que uma das atribuições da guarda municipal é proteger o patrimônio público. “Os trabalhadores também fazem parte desse patrimônio”, reforça Marilda Sousa.
A presidenta do SINDISERPUM destaca que a prefeitura prometeu colocar a Guarda Municipal nos locais de trabalho mais vulneráveis à violência, mesmo assim nem isso fez.
Com a omissão da prefeitura, casos como os dos atentados ocorridos na Escola Municipal Antônio da Graça Machado e da Unidade Básica de Saúde Chico Costa tendem a se repetir.
“Vamos cobrar providências urgentes da prefeitura para que isso não ocorra. Graças a Deus que até agora os danos foram apenas materiais. Se nenhuma providência for tomada pode acontecer coisa pior”, alerta Marilda Sousa.
Fonte: SINDISERPUM - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró

Título: Mossoró (RN): Atentados em locais de trabalho poderiam ter sido evitados, revela SINDISERPUM, Conteúdo: É que o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) já havia solicitado da prefeitura que colocasse a guarda municipal nos locais de trabalho. “A falta de segurança nos locais de trabalho tem se acentuado a cada dia e nós do SINDISERPUM há tempos estamos alertando a prefeitura sobre isso, inclusive já havíamos feito a solicitação, mas infelizmente a administração municipal ignorou nosso pedido”, lamenta a presidenta do SINDISERPUM, Marilda Sousa. A sindicalista lembra que uma das atribuições da guarda municipal é proteger o patrimônio público. “Os trabalhadores também fazem parte desse patrimônio”, reforça Marilda Sousa. A presidenta do SINDISERPUM destaca que a prefeitura prometeu colocar a Guarda Municipal nos locais de trabalho mais vulneráveis à violência, mesmo assim nem isso fez. Com a omissão da prefeitura, casos como os dos atentados ocorridos na Escola Municipal Antônio da Graça Machado e da Unidade Básica de Saúde Chico Costa tendem a se repetir. “Vamos cobrar providências urgentes da prefeitura para que isso não ocorra. Graças a Deus que até agora os danos foram apenas materiais. Se nenhuma providência for tomada pode acontecer coisa pior”, alerta Marilda Sousa. Fonte: SINDISERPUM - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.