Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Joana Ferreira é reeleita presidenta do Suprema com 61% dos votos

Concorreram no pleito duas chapas, sendo a primeira liderada pela atual presidenta, Joana Ferreira, e a segunda, de oposição, ligada à professora Ivonete Félix.

Escrito por: • Publicado em: 16/12/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 16/12/2014 - 00:00

Foi realizada ontem (15) no município de Maracanaú a eleição para a escolha da diretoria do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema). Concorreram no pleito duas chapas, sendo a primeira liderada pela atual presidenta, Joana Ferreira, e a segunda, de oposição, ligada à professora Ivonete Félix.
Após 12 horas de votação, que ocorreu das 8 às 20 horas, a chapa 1 foi reeleita com 395 votos – 61%. Já a chapa 2 teve 243 votos – 39%. Participaram da eleição 660 pessoas, sendo que foram 652 votos válidos.
Após a vitória, em discurso emocionado, Joana Ferreira agradeceu a cada um dos colaboradores, parabenizou a chapa opositora pela conquista de 39% dos eleitores e disse que o desafio do Suprema nos próximos anos é continuar apontado para a defesa de mais direitos. “Somos mulheres, homens, trabalhadores e educadores. Temos muito mais a fazer e lutar. Valeu companheiros”, finalizou.

Título: Joana Ferreira é reeleita presidenta do Suprema com 61% dos votos, Conteúdo: Foi realizada ontem (15) no município de Maracanaú a eleição para a escolha da diretoria do Sindicato Unificado dos Profissionais em Educação no Município de Maracanaú (Suprema). Concorreram no pleito duas chapas, sendo a primeira liderada pela atual presidenta, Joana Ferreira, e a segunda, de oposição, ligada à professora Ivonete Félix. Após 12 horas de votação, que ocorreu das 8 às 20 horas, a chapa 1 foi reeleita com 395 votos – 61%. Já a chapa 2 teve 243 votos – 39%. Participaram da eleição 660 pessoas, sendo que foram 652 votos válidos. Após a vitória, em discurso emocionado, Joana Ferreira agradeceu a cada um dos colaboradores, parabenizou a chapa opositora pela conquista de 39% dos eleitores e disse que o desafio do Suprema nos próximos anos é continuar apontado para a defesa de mais direitos. “Somos mulheres, homens, trabalhadores e educadores. Temos muito mais a fazer e lutar. Valeu companheiros”, finalizou.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.