Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Itapipoca - Servidores suspendem greve. Prefeitura volta a negociar e apresenta propostas

Os servidores deixaram o encontro com a garantia de 8,32% de reajuste para magistério e 6% para demais servidores.

Escrito por: • Publicado em: 23/04/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 23/04/2014 - 00:00

 Em Assembleia Geral dos servidores de Itapipoca realizada nesta quarta-feira (16/4), na sede do CETREDI, foi encaminhada a suspenção das deliberações sobre greve, sendo mantida a mobilização da categoria, que, após mobilização mais intensa das duas últimas semanas, teve reestabelecida as negociações com a Prefeitura Municipal da cidade. 
Assembleia
Tendo em vista o estado de paralisação das atividades dos trabalhadores, o executivo local enviou as seguintes propostas para o encontro laboral, avançando nas demandas colocadas pelos trabalhadores:
1. Reajuste de 8,32% para o magistério, com possibilidade de revisão quando da apresentação do consolidado pelo MEC, até o início de maio;
2. Reajuste de 6% para os demais servidores, exceto motoristas e Agente de Endemias, haja vista que as negociações já aconteceram;
3. Revisão do PCCS do magistério a partir de 06 de maio, com vistas a corrigir distorções na tabela;
4. Iniciar discussão para elaboração e implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) da saúde a partir do dia 16 de maio;
5. Garantir 1/3 para planejamento, analisando os casos por escola, a partir da nomeação do novo Secretário(a) de Educação.
Na assembleia, a categoria apreciou a proposta e apresentou discordância em dois itens (01 e 05). O Reajuste de 8,32% para o magistério, a partir deste mês, não corresponde com as expectativas dos professores, pois a reivindicação é que seja retroativo a janeiro. “Vamos continuar mobilizados para aguardar o consolidado no final de abril e permanecer em luta pelo retroativo e pelo índice superior ao apresentado hoje. Quanto a proposta que trata do 1/3 para o planejamento, entregaremos à Secretaria de Educação, até o dia 22 de abril, as demandas percebidas pelo SINDSEP nos locais de trabalho, que indicam as necessidades e como deve se dar o cumprimento de 1/3”, explicou Quitéria Freire, presidenta do Sindsep Itapipoca.
Os trabalhadores do serviço público de Itapipoca deliberaram ainda por realização de nova assembleia no dia 02/05, que, entre outros pontos, irá avaliar novamente a pauta da educação, conforme foi acordado.
Fonte: FETAMCE

Título: Itapipoca - Servidores suspendem greve. Prefeitura volta a negociar e apresenta propostas, Conteúdo:  Em Assembleia Geral dos servidores de Itapipoca realizada nesta quarta-feira (16/4), na sede do CETREDI, foi encaminhada a suspenção das deliberações sobre greve, sendo mantida a mobilização da categoria, que, após mobilização mais intensa das duas últimas semanas, teve reestabelecida as negociações com a Prefeitura Municipal da cidade.  Assembleia Tendo em vista o estado de paralisação das atividades dos trabalhadores, o executivo local enviou as seguintes propostas para o encontro laboral, avançando nas demandas colocadas pelos trabalhadores: 1. Reajuste de 8,32% para o magistério, com possibilidade de revisão quando da apresentação do consolidado pelo MEC, até o início de maio; 2. Reajuste de 6% para os demais servidores, exceto motoristas e Agente de Endemias, haja vista que as negociações já aconteceram; 3. Revisão do PCCS do magistério a partir de 06 de maio, com vistas a corrigir distorções na tabela; 4. Iniciar discussão para elaboração e implantação do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS) da saúde a partir do dia 16 de maio; 5. Garantir 1/3 para planejamento, analisando os casos por escola, a partir da nomeação do novo Secretário(a) de Educação. Na assembleia, a categoria apreciou a proposta e apresentou discordância em dois itens (01 e 05). O Reajuste de 8,32% para o magistério, a partir deste mês, não corresponde com as expectativas dos professores, pois a reivindicação é que seja retroativo a janeiro. “Vamos continuar mobilizados para aguardar o consolidado no final de abril e permanecer em luta pelo retroativo e pelo índice superior ao apresentado hoje. Quanto a proposta que trata do 1/3 para o planejamento, entregaremos à Secretaria de Educação, até o dia 22 de abril, as demandas percebidas pelo SINDSEP nos locais de trabalho, que indicam as necessidades e como deve se dar o cumprimento de 1/3”, explicou Quitéria Freire, presidenta do Sindsep Itapipoca. Os trabalhadores do serviço público de Itapipoca deliberaram ainda por realização de nova assembleia no dia 02/05, que, entre outros pontos, irá avaliar novamente a pauta da educação, conforme foi acordado. Fonte: FETAMCE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.