Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

IBGE volta a divulgar dado parcial e aponta estabilidade na taxa de desemprego

Assim, as três últimas edições da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) está com dados incompletos.

Escrito por: • Publicado em: 26/08/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 26/08/2014 - 00:00

Em nova divulgação parcial, feita nesta quinta-feira (21), o IBGE avaliou como estáveis as taxas de desemprego nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte (4,1%), Recife (6,6%), Rio de Janeiro (3,6%) e São Paulo (4,9%), na comparação de junho para julho. Em relação a julho do ano passado, a taxa recuou no Rio e em São Paulo. Em razão da greve dos servidores, que terminou na semana passada após mais de dois meses, faltam dados das regiões de Porto Alegre e Salvador.
Segundo o instituto, o número de desempregados ficou estável, na comparação anual, em Belo Horizonte e Recife. E diminuiu tanto no Rio (-26,4%) como em São Paulo (-17,5%).
O total de trabalhadores com carteira assinada também ficou estável de junho para julho nas quatro regiões com dados disponíveis. Ante julho de 2013, houve queda de 5,2% em Belo Horizonte.
O rendimento médio dos trabalhadores em Recife (R$ 1.513,10) subiu tanto na comparação mensal (1,2%) como em relação a julho de 2013 (5%). Em Belo Horizonte, o rendimento (R$ 1.898,70) ficou estável no mês e caiu (-2,1%) no ano. No Rio (R$ 2.285,60), o IBGE apurou altas em relação a junho (0,7%) e no ano (8,9%). Em São Paulo (R$ 2.102,70), houve queda no mês (-0,5%) e alta (1,6%) na comparação em 12 meses.
Fonte: CUT Nacional

Título: IBGE volta a divulgar dado parcial e aponta estabilidade na taxa de desemprego, Conteúdo: Em nova divulgação parcial, feita nesta quinta-feira (21), o IBGE avaliou como estáveis as taxas de desemprego nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte (4,1%), Recife (6,6%), Rio de Janeiro (3,6%) e São Paulo (4,9%), na comparação de junho para julho. Em relação a julho do ano passado, a taxa recuou no Rio e em São Paulo. Em razão da greve dos servidores, que terminou na semana passada após mais de dois meses, faltam dados das regiões de Porto Alegre e Salvador. Segundo o instituto, o número de desempregados ficou estável, na comparação anual, em Belo Horizonte e Recife. E diminuiu tanto no Rio (-26,4%) como em São Paulo (-17,5%). O total de trabalhadores com carteira assinada também ficou estável de junho para julho nas quatro regiões com dados disponíveis. Ante julho de 2013, houve queda de 5,2% em Belo Horizonte. O rendimento médio dos trabalhadores em Recife (R$ 1.513,10) subiu tanto na comparação mensal (1,2%) como em relação a julho de 2013 (5%). Em Belo Horizonte, o rendimento (R$ 1.898,70) ficou estável no mês e caiu (-2,1%) no ano. No Rio (R$ 2.285,60), o IBGE apurou altas em relação a junho (0,7%) e no ano (8,9%). Em São Paulo (R$ 2.102,70), houve queda no mês (-0,5%) e alta (1,6%) na comparação em 12 meses. Fonte: CUT Nacional



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.