Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Servidores rejeitam proposta do prefeito de Canindé de São Francisco

Orlandinho Andrade propôs pagar 40% do salário de dezembro e parcelar o restante

Escrito por: Condetam • Publicado em: 20/01/2017 - 19:13 • Última modificação: 20/01/2017 - 21:18 Escrito por: Condetam Publicado em: 20/01/2017 - 19:13 Última modificação: 20/01/2017 - 21:18

. Direção aguarda que a gestão apresente nova proposta aos trabalhadores

Ontem, por volta das 14 horas, ocorreu uma reunião na Secretaria de Finanças com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco (Sindiserve/Canindé),  Sintese e a gestão do prefeito Orlando Porto de Andrade. A gestão apresentou uma proposta inicial para pagar 30% do salário de dezembro e dividir o restante em 11 vezes.

Após muito debate, os representantes das duas entidades conseguiram que a gestão aumentasse o percentual inicial de 30% para 40%. Os representantes dos servidores/professores tentaram de toda forma retirar as parcelas, ou até mesmo reduzir, mas não obtiveram sucesso.

Às 19h, durante a Assembleia Geral Extraordinária dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco, a categoria rejeitou a proposta. Os trabalhadores demostraram muita revolta com a situação e já deliberaram os próximos passos da luta.

Na proxima segundafeira, às 14h, haverá uma audiência com a titular da Secretaria de Finanças. A direção aguarda que a gestão reveja a posição e encaminhe uma nova proposta para os trabalhadores e trabalhadoras que estão em uma situação muito difícil, quase insustentável.

"Não podemos e não vamos pagar uma conta que conta que não é nossa. O ex-prefeito Heleno Silva tem que responder judicialmente o que fez com a alta arrecadação do mês de dezembro e pagar por isso. Como também o prefeito atual Orlando Porto de Andrade tem que ver uma forma viável para os trabalhadores pagarem as suas contas", afirmou o presidente do Sindiserve-Canindé, Emanoel Aleixo.

Segundo ele, o sindicato já marcou Assembleia e, após a nova reunião com a gestão, a categoria irá traçar os novos encaminhamentos da luta. "Se faz presente nesse momento a união da categoria para que possamos alcançar os nossos objetivos", convoca Aleixo.

Título: Servidores rejeitam proposta do prefeito de Canindé de São Francisco, Conteúdo: Ontem, por volta das 14 horas, ocorreu uma reunião na Secretaria de Finanças com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco (Sindiserve/Canindé),  Sintese e a gestão do prefeito Orlando Porto de Andrade. A gestão apresentou uma proposta inicial para pagar 30% do salário de dezembro e dividir o restante em 11 vezes. Após muito debate, os representantes das duas entidades conseguiram que a gestão aumentasse o percentual inicial de 30% para 40%. Os representantes dos servidores/professores tentaram de toda forma retirar as parcelas, ou até mesmo reduzir, mas não obtiveram sucesso. Às 19h, durante a Assembleia Geral Extraordinária dos Servidores Públicos Municipais de Canindé de São Francisco, a categoria rejeitou a proposta. Os trabalhadores demostraram muita revolta com a situação e já deliberaram os próximos passos da luta. Na proxima segundafeira, às 14h, haverá uma audiência com a titular da Secretaria de Finanças. A direção aguarda que a gestão reveja a posição e encaminhe uma nova proposta para os trabalhadores e trabalhadoras que estão em uma situação muito difícil, quase insustentável. Não podemos e não vamos pagar uma conta que conta que não é nossa. O ex-prefeito Heleno Silva tem que responder judicialmente o que fez com a alta arrecadação do mês de dezembro e pagar por isso. Como também o prefeito atual Orlando Porto de Andrade tem que ver uma forma viável para os trabalhadores pagarem as suas contas, afirmou o presidente do Sindiserve-Canindé, Emanoel Aleixo. Segundo ele, o sindicato já marcou Assembleia e, após a nova reunião com a gestão, a categoria irá traçar os novos encaminhamentos da luta. Se faz presente nesse momento a união da categoria para que possamos alcançar os nossos objetivos, convoca Aleixo.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.