Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Fetamce e Confetam participam de audiência que veta a criação do regime próprio de previdência de Paramoti

O esforço surtiu efeito e, por força de emenda supressiva da vereadora Cláudia do PT, que foi aprovada por unanimidade, o regime próprio foi excluído da legislação municipal.

Escrito por: • Publicado em: 23/06/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 23/06/2014 - 00:00

As presidentas da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) e da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (CONFETAM), Enedina Soares e Vilani Oliveira, foram a Paramoti, na Região Norte do Ceará, se juntar ao esforço liderado pelo Sindicato dos Servidores Municipais da cidade de combate à criação do regime próprio de previdência para os servidores do município. A questão, que havia sido aprovada dentro do pacote da nova LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias do município, foi alvo de debate em sessão bastante tumultuada, realizada na manhã de hoje (20/6).
“Fomos ao socorro do Sindicato e dos trabalhadores, erguendo as bandeiras dos servidores municipais e combatendo este que poderia ser mais um ataque aos interesses e direitos do servidores, se aprovado”, repercutiu Enedina Soares.
Na oportunidade, a presidente do Sindicato de Servidores de Paramoti, Fátima Alves, informou que a entidade está sem receber o repasse da contribuição sindical que é descontada dos salários dos trabalhadores há dois meses. Fátima relatou também as ações antissindicais sofridas pelo sindicato. “A prefeitura descontou mas não repassou o dinheiro dos trabalhadores e vem nos perseguindo”, desabafou a liderança local.
Tendo em vistas os problemas impostos à organização laboral, ao final da Sessão na Câmara, as entidades presentes buscaram audiência com o Prefeito da cidade, porém não foram recebidas.
“Nos colocamos, enquanto representações estadual e nacional, à disposição para ajudar, denunciar, e dar visibilidades às ações sindicais, sempre que fomos demandadas. Voltaremos sempre que necessário a Paramoti, com o objetivo de fortalecer a luta dos servidores municipais”, afirmou Vilani Oliveira.
Fonte: FETAMCE

Título: Fetamce e Confetam participam de audiência que veta a criação do regime próprio de previdência de Paramoti, Conteúdo: As presidentas da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) e da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (CONFETAM), Enedina Soares e Vilani Oliveira, foram a Paramoti, na Região Norte do Ceará, se juntar ao esforço liderado pelo Sindicato dos Servidores Municipais da cidade de combate à criação do regime próprio de previdência para os servidores do município. A questão, que havia sido aprovada dentro do pacote da nova LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias do município, foi alvo de debate em sessão bastante tumultuada, realizada na manhã de hoje (20/6). “Fomos ao socorro do Sindicato e dos trabalhadores, erguendo as bandeiras dos servidores municipais e combatendo este que poderia ser mais um ataque aos interesses e direitos do servidores, se aprovado”, repercutiu Enedina Soares. Na oportunidade, a presidente do Sindicato de Servidores de Paramoti, Fátima Alves, informou que a entidade está sem receber o repasse da contribuição sindical que é descontada dos salários dos trabalhadores há dois meses. Fátima relatou também as ações antissindicais sofridas pelo sindicato. “A prefeitura descontou mas não repassou o dinheiro dos trabalhadores e vem nos perseguindo”, desabafou a liderança local. Tendo em vistas os problemas impostos à organização laboral, ao final da Sessão na Câmara, as entidades presentes buscaram audiência com o Prefeito da cidade, porém não foram recebidas. “Nos colocamos, enquanto representações estadual e nacional, à disposição para ajudar, denunciar, e dar visibilidades às ações sindicais, sempre que fomos demandadas. Voltaremos sempre que necessário a Paramoti, com o objetivo de fortalecer a luta dos servidores municipais”, afirmou Vilani Oliveira. Fonte: FETAMCE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.