Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

FEMERGS realiza terceiro módulo de formação nas regionais Zona Sul e Costa Doce

A FEMERGS realizou, no dia 10 de janeiro, o terceiro módulo do Programa de Formação Política e Sindical nas regionais Zona Sul e Costa Doce, com o tema saúde do trabalhador.

Escrito por: • Publicado em: 16/01/2015 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 16/01/2015 - 00:00

A atividade ocorreu na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Camaquã e contou com a participação dos secretários da Federação: Geral, Gustavo Ruivo; de Formação, Gerson Pereira; e de Imprensa e Comunicação, Danúbio Júnior. Também palestraram o assessor de formação, João Marcelo Pereira dos Santos, e a dirigente do Sindicato dos Trabalhadores de Rio Grande, Doris Nogueira. Dirigentes sindicais da CTB acompanharam a formação.
No Brasil, em 2011, foram registrados 711.164 acidentes de trabalho, 2.884 mortes e um gasto de R$ 70 bilhões. Segundo a OIT o país está em quarto lugar no ranking de acidentes de trabalho, só perdendo para a China, os EUA e a Rússia.
Durante o debate da formação, chegou-se a conclusão que ocorre uma guerra invisível no ambiente de trabalho, onde pessoas são mutiladas, perdem suas funções e morrem a todo instante. Diante desse quadro, os sindicatos possuem um papel importante para reverter essa situação e melhorar as condições e a segurança no local de trabalho. Um sindicato atuante e que cuida de sua base, tem o dever de desenvolver uma ação planejada e sistemática para combater essa situação....

Título: FEMERGS realiza terceiro módulo de formação nas regionais Zona Sul e Costa Doce, Conteúdo: A atividade ocorreu na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Camaquã e contou com a participação dos secretários da Federação: Geral, Gustavo Ruivo; de Formação, Gerson Pereira; e de Imprensa e Comunicação, Danúbio Júnior. Também palestraram o assessor de formação, João Marcelo Pereira dos Santos, e a dirigente do Sindicato dos Trabalhadores de Rio Grande, Doris Nogueira. Dirigentes sindicais da CTB acompanharam a formação. No Brasil, em 2011, foram registrados 711.164 acidentes de trabalho, 2.884 mortes e um gasto de R$ 70 bilhões. Segundo a OIT o país está em quarto lugar no ranking de acidentes de trabalho, só perdendo para a China, os EUA e a Rússia. Durante o debate da formação, chegou-se a conclusão que ocorre uma guerra invisível no ambiente de trabalho, onde pessoas são mutiladas, perdem suas funções e morrem a todo instante. Diante desse quadro, os sindicatos possuem um papel importante para reverter essa situação e melhorar as condições e a segurança no local de trabalho. Um sindicato atuante e que cuida de sua base, tem o dever de desenvolver uma ação planejada e sistemática para combater essa situação....



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.