Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Encontro avalia organização dos servidores municipais no Pará

Atividade discutiu direitos sociais, destacando questões trabalhistas e previdenciárias

Escrito por: Confetam/CUT • Publicado em: 03/07/2015 - 14:24 Escrito por: Confetam/CUT Publicado em: 03/07/2015 - 14:24
Na quarta-feira (1º), a cidade de Belém sediou o I Encontro dos Sindicatos de Servidores Públicos Municipais do Estado do Pará. A atividade discutiu os direitos sociais na Administração Pública Municipal, destacando questões trabalhistas e previdenciárias, planos de carreira e regimes jurídicos.
 
A mesa de coordenação do evento foi composta por Vilani Oliveira, presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal - CUT (Confetam/CUT); Martinho Afonso, presidente da CUT-PA; Waldir Nascimento, secretário de Organização da CUT-PA; e pelo assessor jurídico Sinedeu Oliveira. Juntos, eles refletiram sobre a atuação da categoria no Pará, cuja organização tem contado com o apoio da Central Única dos Trabalhadores no Estado. Os debates contaram com a participação de sindicatos de diversas cidades, que reconheceram a necessidade de fortalecer o movimento sindical como um instrumento de luta.
 
Um dos resultados da discussão foi a proposta de criar uma federação que represente os servidores em todo o território estadual, a fim de reforçar e dar mais visibilidade às pautas municipais, sobretudo a Campanha Salarial e o cumprimento da data-base. A ideia foi apoiada por Vilani Oliveira, que já considera o Encontro como um primeiro passo para agregar forças. "Há muitas disputas na base municipal do Pará, por isso foi muito importante para o ramo conseguir reunir sindicatos que, mesmo com suas dificuldades de estrutura, se fizeram presentes nesta atividade para discutir a organização coletiva", avalia.
 
A pauta encaminhada pelos sindicalistas também inclui as seguintes ações:
Desenvolver um projeto para fortalecer a organização dos municipais no Estado;
Realizar mais atividades de formação;
Financiar criação de sindicatos;
Ajudar na regularização junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE);
Desenvolver campanha de filiação;
Criar a plataforma dos municipais para dialogar com os candidatos.
Título: Encontro avalia organização dos servidores municipais no Pará, Conteúdo: Na quarta-feira (1º), a cidade de Belém sediou o I Encontro dos Sindicatos de Servidores Públicos Municipais do Estado do Pará. A atividade discutiu os direitos sociais na Administração Pública Municipal, destacando questões trabalhistas e previdenciárias, planos de carreira e regimes jurídicos.   A mesa de coordenação do evento foi composta por Vilani Oliveira, presidenta da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal - CUT (Confetam/CUT); Martinho Afonso, presidente da CUT-PA; Waldir Nascimento, secretário de Organização da CUT-PA; e pelo assessor jurídico Sinedeu Oliveira. Juntos, eles refletiram sobre a atuação da categoria no Pará, cuja organização tem contado com o apoio da Central Única dos Trabalhadores no Estado. Os debates contaram com a participação de sindicatos de diversas cidades, que reconheceram a necessidade de fortalecer o movimento sindical como um instrumento de luta.   Um dos resultados da discussão foi a proposta de criar uma federação que represente os servidores em todo o território estadual, a fim de reforçar e dar mais visibilidade às pautas municipais, sobretudo a Campanha Salarial e o cumprimento da data-base. A ideia foi apoiada por Vilani Oliveira, que já considera o Encontro como um primeiro passo para agregar forças. Há muitas disputas na base municipal do Pará, por isso foi muito importante para o ramo conseguir reunir sindicatos que, mesmo com suas dificuldades de estrutura, se fizeram presentes nesta atividade para discutir a organização coletiva, avalia.   A pauta encaminhada pelos sindicalistas também inclui as seguintes ações: Desenvolver um projeto para fortalecer a organização dos municipais no Estado; Realizar mais atividades de formação; Financiar criação de sindicatos; Ajudar na regularização junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE); Desenvolver campanha de filiação; Criar a plataforma dos municipais para dialogar com os candidatos.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.