Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Neste 31 de março, mais uma vez, Brasil é ameaçado pela crueldade de farda

No aniversário de 57 anos do golpe militar de 1964, a Confetam/CUT, os servidores e servidoras públicas municipais brasileiras clamam: ditadura nunca mais!

Escrito por: Confetam/CUT • Publicado em: 31/03/2021 - 14:48 • Última modificação: 31/03/2021 - 15:01 Escrito por: Confetam/CUT Publicado em: 31/03/2021 - 14:48 Última modificação: 31/03/2021 - 15:01

. .

Há 57 anos, o Brasil começava a passar por um dos piores momentos de sua história: o Golpe Militar. A ditadura representou um período de horror e violência sem precedentes, marcado por mortes, desaparecimentos e ataques aos instrumentos democráticos.
.
Hoje, 31 de março, mais uma vez somos ameaçados pela crueldade de farda. Sob o comando de militares reformados e da ativa, o país sucumbe diante do agravamento da pandemia, potencializada pelos gestores do corredor da morte.
.
Diante de tudo isso, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT), os servidores e as servidoras públicas municipais clamam à sociedade brasileira: ditadura nunca mais! 

 

 

Título: Neste 31 de março, mais uma vez, Brasil é ameaçado pela crueldade de farda, Conteúdo: Há 57 anos, o Brasil começava a passar por um dos piores momentos de sua história: o Golpe Militar. A ditadura representou um período de horror e violência sem precedentes, marcado por mortes, desaparecimentos e ataques aos instrumentos democráticos. . Hoje, 31 de março, mais uma vez somos ameaçados pela crueldade de farda. Sob o comando de militares reformados e da ativa, o país sucumbe diante do agravamento da pandemia, potencializada pelos gestores do corredor da morte. . Diante de tudo isso, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT), os servidores e as servidoras públicas municipais clamam à sociedade brasileira: ditadura nunca mais!     



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.