Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

CUT solicita audiência com Alckmin para debater a greve e negociar a pauta dos professores

Presidentes da CUT Nacional, Vagner Freitas, e da CUT-SP, Adi dos Santos Lima, enviam ofício ao governador do Estado cobrando negociação

Escrito por: • Publicado em: 02/04/2015 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 02/04/2015 - 00:00

Os presidentes da CUT Nacional, Vagner Freitas e da CUT-SP, Adi dos Santos Lima, enviaram ofício ao governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) no qual solicitam audiência para tratar da greve dos professores e professoras da rede pública do Estado de São Paulo e para a consolidação de um processo efetivo de negociação.
O ofício foi protocolado ontem no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual. Até o momento, não houve resposta.
Os professores e professoras da rede pública do Estado de São Paulo estão em greve desde o dia 13 de março, após decisão unânime tomada por milhares que participaram de assembleia no vão livre do Masp, capital paulista.
Para conhecer a pauta de reivindicações da categoria, clique aqui.


Título: CUT solicita audiência com Alckmin para debater a greve e negociar a pauta dos professores, Conteúdo: Os presidentes da CUT Nacional, Vagner Freitas e da CUT-SP, Adi dos Santos Lima, enviaram ofício ao governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) no qual solicitam audiência para tratar da greve dos professores e professoras da rede pública do Estado de São Paulo e para a consolidação de um processo efetivo de negociação. O ofício foi protocolado ontem no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual. Até o momento, não houve resposta. Os professores e professoras da rede pública do Estado de São Paulo estão em greve desde o dia 13 de março, após decisão unânime tomada por milhares que participaram de assembleia no vão livre do Masp, capital paulista. Para conhecer a pauta de reivindicações da categoria, clique aqui.



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.