Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Curitiba: Em assembleia, servidores das Finanças avaliam proposta de incorporação

Apesar do projeto complexo, é preciso agilidade. Trabalhadores ainda vão se reunir com Dieese para tirar posicionamento definitivo.

Escrito por: • Publicado em: 26/06/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 26/06/2014 - 00:00

Na assembleia de ontem (24), o projeto da Prefeitura que trata das gratificações foi avaliado pelos servidores das Finanças, exceto os auditores fiscais. A questão é complexa porque aborda em um só projeto duas situações diferentes. Para os servidores cujo cargo existe somente naquela secretaria, a proposta incorpora as gratificações aos vencimentos. Para aqueles cujos cargos existem também em outras secretarias, institui o desconto previdenciário às gratificações (somente nas Finanças). Portanto, os trabalhadores em assembleia decidiram que o essencial agora é aprofundar esse debate.
Assim, o Sismuc ficou responsável por marcar para os próximos dias uma reunião entre representantes da categoria e o Dieese - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. “Não se definiu aqui pela rejeição ou aceitação da proposta. Os trabalhadores precisam estudar melhor o proejto e, com a presença do setor jurídico e do Dieese, definir possíveis alterações”, avalia Irene Rodrigues, coordenadora do Sismuc. Ainda, para a categoria, é importante que seja rápida a avaliação e posterior encaminhamento do projeto à Câmara de Vereadores. Primeiro porque o recesso do Legislativo começa neste dia 30. Segundo porque há quatro anos é travada essa luta.
Histórico

No dia 30 de maio, na última Assembleia das Finanças, a categoria decretou estado de greve frente ao "esquecimento" da gestão a respeito da pauta. Cinco dias depois, a Prefeitura se compromete a encaminhar a minuta até 17 de junho. A proposta parte de um compromisso firmado com a gestão municipal em março deste ano, durante o Festival das Promessas não Cumpridas. Até hoje, os trabalhadores das Finanças ficaram de fora do "pacotinho" do ex-prefeito Luciano Ducci, que beneficiou apenas os procuradores e auditores fiscais da secretaria, ainda em 2011.
Fonte: SISMUC

Título: Curitiba: Em assembleia, servidores das Finanças avaliam proposta de incorporação, Conteúdo: Na assembleia de ontem (24), o projeto da Prefeitura que trata das gratificações foi avaliado pelos servidores das Finanças, exceto os auditores fiscais. A questão é complexa porque aborda em um só projeto duas situações diferentes. Para os servidores cujo cargo existe somente naquela secretaria, a proposta incorpora as gratificações aos vencimentos. Para aqueles cujos cargos existem também em outras secretarias, institui o desconto previdenciário às gratificações (somente nas Finanças). Portanto, os trabalhadores em assembleia decidiram que o essencial agora é aprofundar esse debate. Assim, o Sismuc ficou responsável por marcar para os próximos dias uma reunião entre representantes da categoria e o Dieese - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. “Não se definiu aqui pela rejeição ou aceitação da proposta. Os trabalhadores precisam estudar melhor o proejto e, com a presença do setor jurídico e do Dieese, definir possíveis alterações”, avalia Irene Rodrigues, coordenadora do Sismuc. Ainda, para a categoria, é importante que seja rápida a avaliação e posterior encaminhamento do projeto à Câmara de Vereadores. Primeiro porque o recesso do Legislativo começa neste dia 30. Segundo porque há quatro anos é travada essa luta. Histórico No dia 30 de maio, na última Assembleia das Finanças, a categoria decretou estado de greve frente ao esquecimento da gestão a respeito da pauta. Cinco dias depois, a Prefeitura se compromete a encaminhar a minuta até 17 de junho. A proposta parte de um compromisso firmado com a gestão municipal em março deste ano, durante o Festival das Promessas não Cumpridas. Até hoje, os trabalhadores das Finanças ficaram de fora do pacotinho do ex-prefeito Luciano Ducci, que beneficiou apenas os procuradores e auditores fiscais da secretaria, ainda em 2011. Fonte: SISMUC



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.