Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Contram/ISP exige fora Temer, a retirada das reformas e diretas já!

Não podemos permitir nenhum arranjo político-institucional que impeça a devolução ao povo brasileiro do direito soberano de escolher seus representantes, afirma em nota a presidente Paula Leite

Escrito por: Contram/ISP • Publicado em: 22/05/2017 - 17:31 • Última modificação: 22/05/2017 - 17:47 Escrito por: Contram/ISP Publicado em: 22/05/2017 - 17:31 Última modificação: 22/05/2017 - 17:47

. Paula Leite é presidente da Confederação dos Trabalhadores Municipais (Contram-ISP)

Reiterando o posicionamento da direção da CUT Brasil, conclamamos os diversos atores sociais, nacionais e internacionais, comprometidos com a defesa da Democracia, a somarem-se às lutas pela saída do presidente ilegítimo Michel Temer, pela retirada imediata das reformas trabalhista e da previdência da pauta do Congresso e pela convocação de eleições diretas para eleger um novo Presidente e um novo Parlamento, com atribuições de poder constituinte.

A delação dos executivos da JBS, com provas irrefutáveis de que o golpista Temer comprou o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para obstruir as investigações da Lava Jato e os recursos ilícitos recebidos pelo senador Aécio Neves - um dos principais expoentes da base de apoio do governo golpista, vinculado ao PDSB - não deixam dúvidas quanto à natureza do golpe que depôs injustamente a ex-presidenta Dilma Rousseff, bem como do caráter sórdido e corrupto das forças políticas que o articularam.

O momento é de ir para as ruas, continuar denunciando os interesses em jogo e a arquitetura do golpe. Não podemos permitir nenhum arranjo político-institucional que impeça a devolução ao povo brasileiro do direito soberano de escolher seus representantes e de construir um projeto de nação pautado na democracia, na justiça social e na igualdade de direitos. Por isso exigimos o afastamento imediato de Michel Temer, eleições diretas e a retirada das reformas nefastas que querem destruir a proteção social e os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

São Paulo, 18 de maio de 2017

Paula Leite

Presidenta da Contram/ISP

Título: Contram/ISP exige fora Temer, a retirada das reformas e diretas já!, Conteúdo: Reiterando o posicionamento da direção da CUT Brasil, conclamamos os diversos atores sociais, nacionais e internacionais, comprometidos com a defesa da Democracia, a somarem-se às lutas pela saída do presidente ilegítimo Michel Temer, pela retirada imediata das reformas trabalhista e da previdência da pauta do Congresso e pela convocação de eleições diretas para eleger um novo Presidente e um novo Parlamento, com atribuições de poder constituinte. A delação dos executivos da JBS, com provas irrefutáveis de que o golpista Temer comprou o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para obstruir as investigações da Lava Jato e os recursos ilícitos recebidos pelo senador Aécio Neves - um dos principais expoentes da base de apoio do governo golpista, vinculado ao PDSB - não deixam dúvidas quanto à natureza do golpe que depôs injustamente a ex-presidenta Dilma Rousseff, bem como do caráter sórdido e corrupto das forças políticas que o articularam. O momento é de ir para as ruas, continuar denunciando os interesses em jogo e a arquitetura do golpe. Não podemos permitir nenhum arranjo político-institucional que impeça a devolução ao povo brasileiro do direito soberano de escolher seus representantes e de construir um projeto de nação pautado na democracia, na justiça social e na igualdade de direitos. Por isso exigimos o afastamento imediato de Michel Temer, eleições diretas e a retirada das reformas nefastas que querem destruir a proteção social e os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. São Paulo, 18 de maio de 2017 Paula Leite Presidenta da Contram/ISP



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.