Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Congresso da Fetamce reúne 400 servidores municipais do Ceará e debate os rumos da categoria

O evento debate os rumos da organização sindical e as metas do grupo para o próximo triênio.

Escrito por: • Publicado em: 04/06/2014 - 00:00 Escrito por: Publicado em: 04/06/2014 - 00:00

Cerca de 400 servidores municipais de todo o Ceará participarão, de seis a oito de junho, no Hotel Parque das Fontes, em Beberibe, do VIII Congresso da categoria, realizado pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), entidade máxima representativa dos trabalhadores do serviço público das cidades cearenses.
Realizado a cada três anos, o Congresso determina as demandas principais destes trabalhadores. Segundo Enedina Soares, presidenta da Fetamce, entre os temas a serem destacados na atividade estão: fortalecer a defesa dos direitos dos trabalhadores atacados, reforçando a luta em torno da valorização salarial e da adoção das metas do Trabalho Decente; ampliar a defesa por municípios éticos e democráticos, enfrentando o patrimonialismo que ainda resiste no Ceará; fortalecer a organização sindical, especialmente a dos trabalhadores do serviço público municipal; e potencializar a agenda pela igualdade de oportunidades no serviço público, com metas específicas para gênero, raça e etnia, geração e diversidade sexual.
O Congresso destacará ainda a manutenção e a ampliação das liberdades democráticas, com direito à homenagem a personalidades cearenses que aturam no enfrentamento ao Regime Militar. O ato “Amanhã vai ser outro dia” será realizado durante a abertura do evento, no dia seis, às 20 horas, reverenciando a atuação de Auto Filho, Inocêncio Uchoa, Ruth Cavalcanti, Rosa da Fonseca e Benedito Bezerril.
“Enquanto organização sindical classista, somos filhos da democracia. O direito de nos organizamos veio com a Constituição de 1988, a chamada Constituição Democrática. É por isso que afirmamos, nestes 24 anos de existência da Fetamce, que estamos aqui para consolidar a democracia. A nossa homenagem é muito pouco para esses guerreiros que nos ajudaram a chegar até aqui”, destacou a presidenta da Federação.
Segundo os organizadores, esse é um dos maiores eventos de trabalhadores organizados no Ceará. Ao todo, serão 30 horas de atividades científicas, com seis cursos e seis mesas temáticas, além de homenagens e lançamento de publicações, como o livro que destaca os 20 primeiros anos da Fetamce e a Revista F, que estreia a sua terceira edição, trabalhando os prejuízos do processo de terceirização para o mundo do trabalho. A programação foi elaborada pelo Conselho Diretor da Federação, que reúne representantes de todos os 146 sindicatos filiados.
PROGRAMAÇÃO:
Sexta-feira, 6 de junho:
11h Credenciamento de delegados e suplentes
19h Abertura oficial: Sessão em referência aos 50 anos do Golpe Militar “Ditadura Nunca Mais! Viva a Democracia”.
21h Coquetel com Sarau Poético: “Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”.
Sábado, 7 de junho:
8h Leitura e aprovação do Regimento do VIII Congresso
9h Sessão de homenagens: Entrega de troféu aos sindicatos e lideranças mais antigos e fundadores da APROMICE e Fetamce
9h30 Debate conjuntura Internacional, Nacional e Estadual: Graça Costa (Servidora municipal, secretária de Relações de Trabalho da CUT Nacional) e José Silvestre Prado (Coordenador de Relações Sindicais do Dieese Nacional)
12h Almoço
14h Lançamento da Campanha de Sindicalização
14h30 Balanço político e organizativo: Enedina Soares (Presidenta da Fetamce) e Coordenadores regionais
15h30 Mesas temáticas (exposição e aprovação de emendas ao texto):
Organização por local de trabalho e por categorias profissionais: Alex Citó (diretor do Sindicato dos Bancários)
Igualdade de oportunidades no serviço público: Luma Andrade (doutora em Educação, professora da Unilab)
Precarização do trabalho no serviço público: Marilane Oliveira Teixeira (economista, professora da Unicamp)
Controle social e democracia participativa: Rosilene Cruz (subseção Dieese na Fetamce)
Saúde do trabalhador e da trabalhadora: Regina Maciel (doutora em Psicologia pela UFRGS, professora da Unifor)
Desafios da Previdência Pública: Alba Cristina - técnica do INSS
18h Encerramento do dia
21h Arraiá da Fetamce
Domingo, 8 de junho:
8h Lançamento do Comitê dos Servidores Municipais para o Plebiscito Popular Por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político
9h Lançamento da 3ª Edição Revista F: Neoescravismo - a precarização das relações de trabalho através da terceirização
8h30 Plenária Final do Congresso
Aprovação do documento final e moções
11h30 Eleição e posse da nova diretoria
13h Almoço e despedida das delegações
Serviço:

VIII Congresso da Fetamce
Data: 6, 7 e 8 de junho de 2014
Hotel Parque das Fontes (Avenida Coronel Antonio Teixeira Filho - Praia das Fontes, Beberibe – CE)
Fonte: FETAMCE

Título: Congresso da Fetamce reúne 400 servidores municipais do Ceará e debate os rumos da categoria, Conteúdo: Cerca de 400 servidores municipais de todo o Ceará participarão, de seis a oito de junho, no Hotel Parque das Fontes, em Beberibe, do VIII Congresso da categoria, realizado pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), entidade máxima representativa dos trabalhadores do serviço público das cidades cearenses. Realizado a cada três anos, o Congresso determina as demandas principais destes trabalhadores. Segundo Enedina Soares, presidenta da Fetamce, entre os temas a serem destacados na atividade estão: fortalecer a defesa dos direitos dos trabalhadores atacados, reforçando a luta em torno da valorização salarial e da adoção das metas do Trabalho Decente; ampliar a defesa por municípios éticos e democráticos, enfrentando o patrimonialismo que ainda resiste no Ceará; fortalecer a organização sindical, especialmente a dos trabalhadores do serviço público municipal; e potencializar a agenda pela igualdade de oportunidades no serviço público, com metas específicas para gênero, raça e etnia, geração e diversidade sexual. O Congresso destacará ainda a manutenção e a ampliação das liberdades democráticas, com direito à homenagem a personalidades cearenses que aturam no enfrentamento ao Regime Militar. O ato “Amanhã vai ser outro dia” será realizado durante a abertura do evento, no dia seis, às 20 horas, reverenciando a atuação de Auto Filho, Inocêncio Uchoa, Ruth Cavalcanti, Rosa da Fonseca e Benedito Bezerril. “Enquanto organização sindical classista, somos filhos da democracia. O direito de nos organizamos veio com a Constituição de 1988, a chamada Constituição Democrática. É por isso que afirmamos, nestes 24 anos de existência da Fetamce, que estamos aqui para consolidar a democracia. A nossa homenagem é muito pouco para esses guerreiros que nos ajudaram a chegar até aqui”, destacou a presidenta da Federação. Segundo os organizadores, esse é um dos maiores eventos de trabalhadores organizados no Ceará. Ao todo, serão 30 horas de atividades científicas, com seis cursos e seis mesas temáticas, além de homenagens e lançamento de publicações, como o livro que destaca os 20 primeiros anos da Fetamce e a Revista F, que estreia a sua terceira edição, trabalhando os prejuízos do processo de terceirização para o mundo do trabalho. A programação foi elaborada pelo Conselho Diretor da Federação, que reúne representantes de todos os 146 sindicatos filiados. PROGRAMAÇÃO: Sexta-feira, 6 de junho: 11h Credenciamento de delegados e suplentes 19h Abertura oficial: Sessão em referência aos 50 anos do Golpe Militar “Ditadura Nunca Mais! Viva a Democracia”. 21h Coquetel com Sarau Poético: “Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós”. Sábado, 7 de junho: 8h Leitura e aprovação do Regimento do VIII Congresso 9h Sessão de homenagens: Entrega de troféu aos sindicatos e lideranças mais antigos e fundadores da APROMICE e Fetamce 9h30 Debate conjuntura Internacional, Nacional e Estadual: Graça Costa (Servidora municipal, secretária de Relações de Trabalho da CUT Nacional) e José Silvestre Prado (Coordenador de Relações Sindicais do Dieese Nacional) 12h Almoço 14h Lançamento da Campanha de Sindicalização 14h30 Balanço político e organizativo: Enedina Soares (Presidenta da Fetamce) e Coordenadores regionais 15h30 Mesas temáticas (exposição e aprovação de emendas ao texto): Organização por local de trabalho e por categorias profissionais: Alex Citó (diretor do Sindicato dos Bancários) Igualdade de oportunidades no serviço público: Luma Andrade (doutora em Educação, professora da Unilab) Precarização do trabalho no serviço público: Marilane Oliveira Teixeira (economista, professora da Unicamp) Controle social e democracia participativa: Rosilene Cruz (subseção Dieese na Fetamce) Saúde do trabalhador e da trabalhadora: Regina Maciel (doutora em Psicologia pela UFRGS, professora da Unifor) Desafios da Previdência Pública: Alba Cristina - técnica do INSS 18h Encerramento do dia 21h Arraiá da Fetamce Domingo, 8 de junho: 8h Lançamento do Comitê dos Servidores Municipais para o Plebiscito Popular Por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político 9h Lançamento da 3ª Edição Revista F: Neoescravismo - a precarização das relações de trabalho através da terceirização 8h30 Plenária Final do Congresso Aprovação do documento final e moções 11h30 Eleição e posse da nova diretoria 13h Almoço e despedida das delegações Serviço: VIII Congresso da Fetamce Data: 6, 7 e 8 de junho de 2014 Hotel Parque das Fontes (Avenida Coronel Antonio Teixeira Filho - Praia das Fontes, Beberibe – CE) Fonte: FETAMCE



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.