Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Confetam exorta municipais a votarem em candidatos comprometidos com a defesa da democracia e dos direitos

Mais do que eleger prefeitos, os servidores públicos municipais votarão, neste domingo (02), nos futuros patrões da categoria pelos próximos quatro anos (2017/2020)

Escrito por: Confetam • Publicado em: 30/09/2016 - 18:04 • Última modificação: 03/10/2016 - 16:54 Escrito por: Confetam Publicado em: 30/09/2016 - 18:04 Última modificação: 03/10/2016 - 16:54

. .

Neste domingo, dia 2 de outubro, servidores dos 5.570 municípios brasileiros irão às urnas para eleger muito mais que o prefeito das cidades onde moram. Eles votarão no candidato a patrão da categoria pelos próximos quatro anos (2017/2020), portanto uma responsabilidade dobrada como eleitor e trabalhador. 

Na reta final da campanha eleitoral, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço público Municipal (Confetam/CUT) exorta os servidores representados pelas federações filiadas e os sindicatos de base a escolherem seus candidatos com bastante atenção, levantando o histórico de cada um deles e negando voto a todos aqueles que direta ou indiretamente colaboraram com a deposição ilegal da presidente Dilma Rousseff, ferindo de morte a democracia brasileira.

"Os municipais fizeram um trabalho extraordinário neste ano eleitoral, com o lançamento da Plataforma da Confetam para as Eleições 2016 em todas as regiões do país, da maior Capital ao menor município, nas grandes metrópoles e nos mais longínquos rincões do Brasil. Nestes locais, diversos candidatos assinaram uma carta compromisso com as proposta da categoria. Então, nossa cidadania não se encerrará ao apertar os botões da urna eletrônica, mas terá continuidade com a cobrança da implementação de nossas propostas no plano de governo dos prefeitos e nos mandatos dos vereadores que assinaram a nossa plataforma", afirma a presidente da Confetam/CUT, Vilani Oliveira.  

Candidatos comprometidos com o povo brasileiro

É preciso que os servidores públicos municipais brasileiros elejam candidatos realmente comprometidos com a defesa dos direitos da categoria e de toda a classe trabalhadora. Candidatos que combatam o ataque orquestrado pelo presidente ilegítimo Michel Temer contra o Estado de bem-estar social, as políticas públicas, os direitos sociais, previdenciários e trabalhistas. Nosso maior desafio é eleger prefeitos e vereadores realmente comprometidos com os interesses do povo e da Nação.

Nestas eleições, mais que uma questão de honra, a escolha de candidatos que verdadeiramente defendam a democracia é uma questão de sobrevivência da classe trabalhadora, que corre o sério risco de enfrentar nos próximos dias o maior retrocesso civilizatório do último século, caso as propostas legislativas prejudiciais ao povo brasileiro sejam aprovadas no Congresso Nacional.

Por isso, a Confetam/CUT exorta os servidores municipais ao voto consciente, responsável, comprometido com o futuro dos nossos filhos e netos, com os interesses do Brasil e do povo brasileiro. No dia 2 de outubro, todos às urnas! Por uma Nação soberana e democrática! Por um Estado que promova verdadeiramente o desenvolvimento social e econômico deste gigante chamado Brasil! 

Confira de que forma você pode participar ativamente da reta final da campanha sem ferir a Lei Eleitoral:

1 – Reuniões Privadas
Organizar rodas de conversas com vizinhos, famílias e amigos pode ser uma importante forma de debater as propostas de candidaturas que estamos defendendo. Essa prática é permitida aos sábados e proibida aos domingos.

2 – Carro de som
Você pode usar seu carro pelas ruas das cidades com jingles e discursos ampliados nas caixas de som. Também é permitido aos sábados e proibido aos domingos.

3 – Caminhada
Juntar a militância e sair com bandeiras, conversando com a população e apresentando propostas e as realizações das candidaturas que defendemos é permitido pela Lei Eleitoral até sábado, às 22h. No domingo, a prática é proibida.

4 – Carreata
Se uma caminhada pode ser impactante, imaginemos uma carreata pelo centro de sua cidade. Esse tipo de ação chama a atenção e pode reverter votos. Também permitida no sábado até 22h e proibida no domingo de eleição.

5 – Panfletagem
Entre tantos candidatos, pode ser difícil fazer distinções e escolher o que nos representará. A distribuição de panfletos pode auxiliar muito na escolha do voto. Uma das melhores formas de apresentar uma candidatura é entregando um panfleto com o número e as propostas da candidata ou candidato. Ação permitida no sábado até 22h e proibida no domingo.

6 – Adesivo no automóvel
Muitos eleitores decidem seu voto na última hora. Se o seu carro estiver adesivado, pode ajudar a indicar o número daquele candidato que o eleitor não está lembrando. Circular pelos pontos de votação com seu automóvel pode reverter votos importantes. Isso pode ser feito no sábado e no domingo.

7 – Visual de rua
Assim como o uso do carro, outro elemento que pode ajudar na escolha do candidato é a utilização de camisetas, bonés e adesivo em sua roupa. No sábado, a prática está liberada de qualquer forma. Porém, no domingo, isso deve ser feito individualmente e silenciosamente.

8 - Bandeiras
Passe nos comitês de campanha e pegue sua bandeira. No sábado, ela pode ser usada em qualquer espaço, privado ou público. Leve em seu carro, no transporte público, na bicicleta. No domingo, as bandeiras devem ficar em casa, pois ferem a lei eleitoral.

9 – Adesivos em imóveis
Principalmente se sua residência fica no caminho para um ponto de votação, adesivar sua casa pode ajudar a convencer um eleitor indeciso. O adesivo é permitido até sábado, às 22h. No domingo, o colante deve ser retirado do imóvel.

10 – Propaganda em jornais e imprensa escrita
A prática deve ser adotada somente até às 23h59 de hoje e pode alcançar milhares ou milhões de pessoas, dependendo da população de sua cidade e da circulação do anúncio.

11 – Internet
Blogues, Facebook, Instagram e e-mails podem ser utilizados para divulgar a candidatura que você defende. É simples e pode ser feito durante todo o final de semana. Compartilhamento de conteúdo, foto com o número do candidato e textos de apoio são importantes ferramentas.

12 – WhatSapp
O aplicativo se tornou uma das mais importantes ferramentas para difusão de conteúdos. Pode ser utilizada no sábado e no domingo. Envie áudio, imagem e textos aos amigos e familiares informando sobre as propostas da candidatura que defende.

13 – Cola
No domingo, leve sua cola para votar. É permitido que você carregue um papel com o número das candidaturas que apoiará.

Fonte: Portal da CUT 

Título: Confetam exorta municipais a votarem em candidatos comprometidos com a defesa da democracia e dos direitos, Conteúdo: Neste domingo, dia 2 de outubro, servidores dos 5.570 municípios brasileiros irão às urnas para eleger muito mais que o prefeito das cidades onde moram. Eles votarão no candidato a patrão da categoria pelos próximos quatro anos (2017/2020), portanto uma responsabilidade dobrada como eleitor e trabalhador.  Na reta final da campanha eleitoral, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço público Municipal (Confetam/CUT) exorta os servidores representados pelas federações filiadas e os sindicatos de base a escolherem seus candidatos com bastante atenção, levantando o histórico de cada um deles e negando voto a todos aqueles que direta ou indiretamente colaboraram com a deposição ilegal da presidente Dilma Rousseff, ferindo de morte a democracia brasileira. Os municipais fizeram um trabalho extraordinário neste ano eleitoral, com o lançamento da Plataforma da Confetam para as Eleições 2016 em todas as regiões do país, da maior Capital ao menor município, nas grandes metrópoles e nos mais longínquos rincões do Brasil. Nestes locais, diversos candidatos assinaram uma carta compromisso com as proposta da categoria. Então, nossa cidadania não se encerrará ao apertar os botões da urna eletrônica, mas terá continuidade com a cobrança da implementação de nossas propostas no plano de governo dos prefeitos e nos mandatos dos vereadores que assinaram a nossa plataforma, afirma a presidente da Confetam/CUT, Vilani Oliveira.   Candidatos comprometidos com o povo brasileiro É preciso que os servidores públicos municipais brasileiros elejam candidatos realmente comprometidos com a defesa dos direitos da categoria e de toda a classe trabalhadora. Candidatos que combatam o ataque orquestrado pelo presidente ilegítimo Michel Temer contra o Estado de bem-estar social, as políticas públicas, os direitos sociais, previdenciários e trabalhistas. Nosso maior desafio é eleger prefeitos e vereadores realmente comprometidos com os interesses do povo e da Nação. Nestas eleições, mais que uma questão de honra, a escolha de candidatos que verdadeiramente defendam a democracia é uma questão de sobrevivência da classe trabalhadora, que corre o sério risco de enfrentar nos próximos dias o maior retrocesso civilizatório do último século, caso as propostas legislativas prejudiciais ao povo brasileiro sejam aprovadas no Congresso Nacional. Por isso, a Confetam/CUT exorta os servidores municipais ao voto consciente, responsável, comprometido com o futuro dos nossos filhos e netos, com os interesses do Brasil e do povo brasileiro. No dia 2 de outubro, todos às urnas! Por uma Nação soberana e democrática! Por um Estado que promova verdadeiramente o desenvolvimento social e econômico deste gigante chamado Brasil!  Confira de que forma você pode participar ativamente da reta final da campanha sem ferir a Lei Eleitoral: 1 – Reuniões Privadas Organizar rodas de conversas com vizinhos, famílias e amigos pode ser uma importante forma de debater as propostas de candidaturas que estamos defendendo. Essa prática é permitida aos sábados e proibida aos domingos. 2 – Carro de som Você pode usar seu carro pelas ruas das cidades com jingles e discursos ampliados nas caixas de som. Também é permitido aos sábados e proibido aos domingos. 3 – Caminhada Juntar a militância e sair com bandeiras, conversando com a população e apresentando propostas e as realizações das candidaturas que defendemos é permitido pela Lei Eleitoral até sábado, às 22h. No domingo, a prática é proibida. 4 – Carreata Se uma caminhada pode ser impactante, imaginemos uma carreata pelo centro de sua cidade. Esse tipo de ação chama a atenção e pode reverter votos. Também permitida no sábado até 22h e proibida no domingo de eleição. 5 – Panfletagem Entre tantos candidatos, pode ser difícil fazer distinções e escolher o que nos representará. A distribuição de panfletos pode auxiliar muito na escolha do voto. Uma das melhores formas de apresentar uma candidatura é entregando um panfleto com o número e as propostas da candidata ou candidato. Ação permitida no sábado até 22h e proibida no domingo. 6 – Adesivo no automóvel Muitos eleitores decidem seu voto na última hora. Se o seu carro estiver adesivado, pode ajudar a indicar o número daquele candidato que o eleitor não está lembrando. Circular pelos pontos de votação com seu automóvel pode reverter votos importantes. Isso pode ser feito no sábado e no domingo. 7 – Visual de rua Assim como o uso do carro, outro elemento que pode ajudar na escolha do candidato é a utilização de camisetas, bonés e adesivo em sua roupa. No sábado, a prática está liberada de qualquer forma. Porém, no domingo, isso deve ser feito individualmente e silenciosamente. 8 - Bandeiras Passe nos comitês de campanha e pegue sua bandeira. No sábado, ela pode ser usada em qualquer espaço, privado ou público. Leve em seu carro, no transporte público, na bicicleta. No domingo, as bandeiras devem ficar em casa, pois ferem a lei eleitoral. 9 – Adesivos em imóveis Principalmente se sua residência fica no caminho para um ponto de votação, adesivar sua casa pode ajudar a convencer um eleitor indeciso. O adesivo é permitido até sábado, às 22h. No domingo, o colante deve ser retirado do imóvel. 10 – Propaganda em jornais e imprensa escrita A prática deve ser adotada somente até às 23h59 de hoje e pode alcançar milhares ou milhões de pessoas, dependendo da população de sua cidade e da circulação do anúncio. 11 – Internet Blogues, Facebook, Instagram e e-mails podem ser utilizados para divulgar a candidatura que você defende. É simples e pode ser feito durante todo o final de semana. Compartilhamento de conteúdo, foto com o número do candidato e textos de apoio são importantes ferramentas. 12 – WhatSapp O aplicativo se tornou uma das mais importantes ferramentas para difusão de conteúdos. Pode ser utilizada no sábado e no domingo. Envie áudio, imagem e textos aos amigos e familiares informando sobre as propostas da candidatura que defende. 13 – Cola No domingo, leve sua cola para votar. É permitido que você carregue um papel com o número das candidaturas que apoiará. Fonte: Portal da CUT 



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.