Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Ato em Brasília defenderá democracia nas comunicações e no Brasil

Manifestação, que será realizada nesta terça-feira (18), às 16h, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, celebrará os 25 anos do Fórum Nacional pela Democratização das Comunicações (FNDC)

Escrito por: FNDC • Publicado em: 17/10/2016 - 19:20 • Última modificação: 18/10/2016 - 18:17 Escrito por: FNDC Publicado em: 17/10/2016 - 19:20 Última modificação: 18/10/2016 - 18:17

. FNDC lançará Campanha Nacional em Defesa da Liberdade de Expressão

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) convida para o Ato Político dos 25 anos do FNDC, em defesa da democracia nas comunicações e no Brasil, no próximo dia 18 de outubro, às 16 horas, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Na ocasião, além de reunir entidades e personalidades históricas da luta por uma mídia democrática, vamos lançar a campanha nacional para denunciar violações à liberdade de expressão no país. 

Momentos difíceis são também aqueles que gestam mudanças históricas e sociais. Vivemos um golpe que se consolida a cada dia e mais do que resistir, denunciar e mobilizar para a transformação é a única saída possível. O FNDC é um dos mais importantes legados da luta pela democracia no Brasil e seus 25 anos são um marco importante para reafirmarmos nossa incessante luta por direitos e democracia, porque sem um não há outro. 

A democracia, em qualquer parte do planeta, não pode existir sem a efetiva democratização dos meios de comunicação. É a partir desse pressuposto que, desde 1991, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) congrega entidades da sociedade civil brasileira para enfrentar os problemas da área. Atualmente, são mais de 520 entidades filiadas, entre associações, sindicatos, movimentos populares, organizações não-governamentais, coletivos, entre outros. O Fórum está organizado em quase todo o território nacional, por meio de 19 Comitês Regionais pela Democratização da Comunicação. 

O atual processo de ruptura democrática pelo qual passa o Brasil se deve, em boa medida, à ausência de um debate plural e efetivamente democrático nos diferentes espaços de formação da opinião pública. Como o FNDC tem consignado historicamente, não há democracia sem mídia democrática. 

Sabemos que na atual conjuntura, um dos alvos preferenciais dos setores mais retrógados da nossa sociedade tem sido a liberdade de expressão. Temos acompanhado e denunciado veementemente as iniciativas de cerceamento do direito constitucional à livre manifestação do pensamento e ao direito à informação. Atos públicos têm sido reprimidos violentamente pelas forças de segurança e a repressão tem sido incentivada por veículos de comunicação. 

 

Título: Ato em Brasília defenderá democracia nas comunicações e no Brasil, Conteúdo: O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) convida para o Ato Político dos 25 anos do FNDC, em defesa da democracia nas comunicações e no Brasil, no próximo dia 18 de outubro, às 16 horas, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Na ocasião, além de reunir entidades e personalidades históricas da luta por uma mídia democrática, vamos lançar a campanha nacional para denunciar violações à liberdade de expressão no país.  Momentos difíceis são também aqueles que gestam mudanças históricas e sociais. Vivemos um golpe que se consolida a cada dia e mais do que resistir, denunciar e mobilizar para a transformação é a única saída possível. O FNDC é um dos mais importantes legados da luta pela democracia no Brasil e seus 25 anos são um marco importante para reafirmarmos nossa incessante luta por direitos e democracia, porque sem um não há outro.  A democracia, em qualquer parte do planeta, não pode existir sem a efetiva democratização dos meios de comunicação. É a partir desse pressuposto que, desde 1991, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) congrega entidades da sociedade civil brasileira para enfrentar os problemas da área. Atualmente, são mais de 520 entidades filiadas, entre associações, sindicatos, movimentos populares, organizações não-governamentais, coletivos, entre outros. O Fórum está organizado em quase todo o território nacional, por meio de 19 Comitês Regionais pela Democratização da Comunicação.  O atual processo de ruptura democrática pelo qual passa o Brasil se deve, em boa medida, à ausência de um debate plural e efetivamente democrático nos diferentes espaços de formação da opinião pública. Como o FNDC tem consignado historicamente, não há democracia sem mídia democrática.  Sabemos que na atual conjuntura, um dos alvos preferenciais dos setores mais retrógados da nossa sociedade tem sido a liberdade de expressão. Temos acompanhado e denunciado veementemente as iniciativas de cerceamento do direito constitucional à livre manifestação do pensamento e ao direito à informação. Atos públicos têm sido reprimidos violentamente pelas forças de segurança e a repressão tem sido incentivada por veículos de comunicação.   



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.