Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

Aprovada moção de repúdio contra o prefeito de Timóteo (MG)

A Confetam/CUT repudia a postura do prefeito Cleydson Drumond, servidor público concursado, que descontou os dias parados na greve da categoria

Escrito por: Sinsep • Publicado em: 08/06/2016 - 13:52 • Última modificação: 08/06/2016 - 16:11 Escrito por: Sinsep Publicado em: 08/06/2016 - 13:52 Última modificação: 08/06/2016 - 16:11

. .

A Executiva da Confederação Nacional dos Trabalhadores Municipais (Confetam/CUT) aprovou moção de repúdio ao prefeito da cidade de Timóteo (MG), Cleydson Drumond, pela postura e procedimentos adotados durante os 24 dias do movimento grevista dos servidores municipais. A greve teve em seu maior objetivo a busca dos direitos dos servidores e a recomposição das perdas salariais que se encontram em 10,29%. 

O prefeito de Timóteo, em uma postura insensível e irresponsável, descontou os dias parados dos salários dos grevistas, antes mesmo de se decidir o fim da Campanha Salarial e do próprio movimento paredista. Antes disto, efetuou o desconto da Contribuição Sindical do mês de março e depois a devolveu aos servidores. Tais ações tiveram o único objetivo de enfraquecer o legítimo movimento ora deflagrado. Na greve de 2015, dentre outras, a ação tomada pelo prefeito foi o interdito proibitório. Como se vê, o desrespeito à ação sindical e à decisão dos servidores em pararem suas atividades, face à intransigência do prefeito no processo de negociação da Campanha Salarial, é acintoso.

A pauta de negociação salarial dos servidores de 2016 foi encaminhada já no mês de dezembro observando as características do ano em curso. Muitas foram as manifestações junto ao prefeito e seus secretários, ao longo deste período, no sentido de acelerar as negociações referentes à campanha salarial, e buscar a resolução dos problemas acumulados dos servidores, em especial o financeiro. 

Necessário afirmar que um servidor com salário na faixa de R$ 1 mil, na medida que fica sem o percentual da recomposição acima descrito, perde, ao longo de doze meses, cerca de R$ 1, 4 mil. Constitucionalmente falando, a recomposição é um direito fundamental e elementar para a manutenção da vida que segue. 

Acaso não são estes servidores o braço direito do prefeito, na construção de uma cidade boa e agradável pra se viver? Não são estes mesmos servidores que contribuem para a formação de nossos filhos nas escolas municipais? Não são estes trabalhadores que cuidam do patrimônio de nossa cidade com zelo e presteza? Qual o atendimento feito à nossa comunidade enferma, na busca de amenizar as dores do corpo nos nossos postos médicos? Que atendimento de qualidade está sendo dispensado a nossa população, por parte dos servidores que não estão tendo a devida valorização em seu local de trabalho? Não merecem o devido respeito e reconhecimento de sua labuta diária em prol de um projeto voltado, exclusivamente, à população de nosso município? 

Que compromisso real e verdadeiro tem o prefeito e servidor público concursado Cleydson Drumond com os servidores públicos municipais de Timóteo?

Muitas campanhas virão. Servidores unidos jamais serão vencidos!

Total apoio à luta dos servidores públicos de Timóteo!

Título: Aprovada moção de repúdio contra o prefeito de Timóteo (MG), Conteúdo: A Executiva da Confederação Nacional dos Trabalhadores Municipais (Confetam/CUT) aprovou moção de repúdio ao prefeito da cidade de Timóteo (MG), Cleydson Drumond, pela postura e procedimentos adotados durante os 24 dias do movimento grevista dos servidores municipais. A greve teve em seu maior objetivo a busca dos direitos dos servidores e a recomposição das perdas salariais que se encontram em 10,29%.  O prefeito de Timóteo, em uma postura insensível e irresponsável, descontou os dias parados dos salários dos grevistas, antes mesmo de se decidir o fim da Campanha Salarial e do próprio movimento paredista. Antes disto, efetuou o desconto da Contribuição Sindical do mês de março e depois a devolveu aos servidores. Tais ações tiveram o único objetivo de enfraquecer o legítimo movimento ora deflagrado. Na greve de 2015, dentre outras, a ação tomada pelo prefeito foi o interdito proibitório. Como se vê, o desrespeito à ação sindical e à decisão dos servidores em pararem suas atividades, face à intransigência do prefeito no processo de negociação da Campanha Salarial, é acintoso. A pauta de negociação salarial dos servidores de 2016 foi encaminhada já no mês de dezembro observando as características do ano em curso. Muitas foram as manifestações junto ao prefeito e seus secretários, ao longo deste período, no sentido de acelerar as negociações referentes à campanha salarial, e buscar a resolução dos problemas acumulados dos servidores, em especial o financeiro.  Necessário afirmar que um servidor com salário na faixa de R$ 1 mil, na medida que fica sem o percentual da recomposição acima descrito, perde, ao longo de doze meses, cerca de R$ 1, 4 mil. Constitucionalmente falando, a recomposição é um direito fundamental e elementar para a manutenção da vida que segue.  Acaso não são estes servidores o braço direito do prefeito, na construção de uma cidade boa e agradável pra se viver? Não são estes mesmos servidores que contribuem para a formação de nossos filhos nas escolas municipais? Não são estes trabalhadores que cuidam do patrimônio de nossa cidade com zelo e presteza? Qual o atendimento feito à nossa comunidade enferma, na busca de amenizar as dores do corpo nos nossos postos médicos? Que atendimento de qualidade está sendo dispensado a nossa população, por parte dos servidores que não estão tendo a devida valorização em seu local de trabalho? Não merecem o devido respeito e reconhecimento de sua labuta diária em prol de um projeto voltado, exclusivamente, à população de nosso município?  Que compromisso real e verdadeiro tem o prefeito e servidor público concursado Cleydson Drumond com os servidores públicos municipais de Timóteo? Muitas campanhas virão. Servidores unidos jamais serão vencidos! Total apoio à luta dos servidores públicos de Timóteo!



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.