Webmail CUT

Acesse seu Webmail CUT


Login CUT

Acesse a CUT

Esqueceu a senha?

4,5 mil profissionais de saúde do Ceará adquiriram Covid-19 e 13 morreram

Os números são das redes pública e privada e organizados pela Secretaria Estadual de Saúde do Ceará (SESA)

Escrito por: Fetamce • Publicado em: 19/05/2020 - 10:36 Escrito por: Fetamce Publicado em: 19/05/2020 - 10:36

Reprodução da Internet

Através da plataforma “Integra SUS”, a Secretaria Estadual de Saúde do Ceará (SESA) faz o acompanhamento dos casos de Covid-19 entre os profissionais dos serviços de saúde. De acordo com a última atualização do levamento, foram registradas 4.538 ocorrências confirmadas de Coronavírus entre estes trabalhadores e 13 vieram a óbito.

Os números são das redes pública e privada. Até o momento, foram aplicados 12.350 exames, existem 5.922 casos em investigação e 3.446 pessoas já se recuperaram da doença. A taxa de letalidade entre funcionários de serviços de saúde do Ceará é 0,3%.

A cidade com maior número de trabalhadores da área com Covid-19 é Fortaleza, com 3.171 episódios, seguida de Caucaia (185), Sobral (140), Maracanaú (63) e Eusébio (50). Destaque ainda para cidades, como Quixeramobim (49) e Itapipoca (44), que estão fora da Região Metropolitana de Fortaleza e registram grande número de Coronavírus entre profissionais da saúde.

Entre as categorias com maior número de casos confirmados, temos os técnicos ou auxiliares de enfermagem (1.373), enfermeiros (748) e médicos (711).

Nos óbitos, a ordem praticamente se repete: morrem seis auxiliares de enfermagem, quatro médicos, dois enfermeiros e um profissional de biotecnologia.

Como podemos observar abaixo (no gráfico), as mulheres e as pessoas jovens são as mais contaminadas pela pandemia.

Já quanto aos falecimentos em decorrência da doença, as idades são acima dos 40 anos e a distribuição entre os gêneros é equilibrada (observe no gráfico).

Fonte de dados: https://indicadores.integrasus.saude.ce.gov.br/indicadores/indicadores-coronavirus/boletim-prof-saude

 
Título: 4,5 mil profissionais de saúde do Ceará adquiriram Covid-19 e 13 morreram, Conteúdo: Através da plataforma “Integra SUS”, a Secretaria Estadual de Saúde do Ceará (SESA) faz o acompanhamento dos casos de Covid-19 entre os profissionais dos serviços de saúde. De acordo com a última atualização do levamento, foram registradas 4.538 ocorrências confirmadas de Coronavírus entre estes trabalhadores e 13 vieram a óbito. Os números são das redes pública e privada. Até o momento, foram aplicados 12.350 exames, existem 5.922 casos em investigação e 3.446 pessoas já se recuperaram da doença. A taxa de letalidade entre funcionários de serviços de saúde do Ceará é 0,3%. A cidade com maior número de trabalhadores da área com Covid-19 é Fortaleza, com 3.171 episódios, seguida de Caucaia (185), Sobral (140), Maracanaú (63) e Eusébio (50). Destaque ainda para cidades, como Quixeramobim (49) e Itapipoca (44), que estão fora da Região Metropolitana de Fortaleza e registram grande número de Coronavírus entre profissionais da saúde. Entre as categorias com maior número de casos confirmados, temos os técnicos ou auxiliares de enfermagem (1.373), enfermeiros (748) e médicos (711). Nos óbitos, a ordem praticamente se repete: morrem seis auxiliares de enfermagem, quatro médicos, dois enfermeiros e um profissional de biotecnologia. Como podemos observar abaixo (no gráfico), as mulheres e as pessoas jovens são as mais contaminadas pela pandemia. Já quanto aos falecimentos em decorrência da doença, as idades são acima dos 40 anos e a distribuição entre os gêneros é equilibrada (observe no gráfico). Fonte de dados: https://indicadores.integrasus.saude.ce.gov.br/indicadores/indicadores-coronavirus/boletim-prof-saude  



Informativo CONFETAM

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.