Seminário Nacional de Negociação Coletiva da Confetam/CUT tem nova data

08/11/2017 - 13:00

Data foi remarcada para viabilizar a participação de lideranças nacionais do Ramo dos Municipais na atividade, que inicia dia 12/12, em Fortaleza (CE).

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) comunica à Diretoria Executiva, suplentes, integrantes do Conselho Fiscal, federações filiadas e os estados onde o Ramo dos Municipais está se organizando que o "Seminário Nacional de Negociação Coletiva - Os impactos da Reforma Trabalhista e da Emenda 95 nas Mesas de Negociação Salarial" foi remarcado para os dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2017. 

Prevista inicialmente para os dias 6 e 7 de dezembro, a data precisou ser remarcada e ampliada, de modo a possibilitar a participação de lideranças nacionais do Ramo na atividade, a ser realizada na cidade de Fortaleza, Capital do Estado do Ceará. 

No programa do evento também estão previstos Mesa de Debates sobre "Um Novo Modelo de Organização Sindical para Enfrentar os Ataques à Classe Trabalhadora e à Democracia", o lançamento da Campanha Salarial Nacional Unificada 2018 dos Servidores Públicos Municipais e a reunião presencial da direção nacional da Confetam/CUT, agendada para o dia 14 de dezembro. 

Formação para enfrentar a Campanha Salarial 2018

"Com os golpes à organização da classe trabalhadora promovidos pelo desgoverno Temer, muitos sindicatos correm o risco de não sobreviver. Por isso, precisamos discutir um modelo de organização sindical capaz de fazer o enfrentamento destes e dos ataques vindouros. Precisamos discutir negociação coletiva dentro de um cenário de corte de gastos públicos por 20 anos, de destruição de direitos pela reforma trabalhista e pela terceirização sem limites. O contexto da Campanha Salarial 2018 promete ser bastante complicado e temos de estar preparados para enfrentar esse novo momento político que impactará diretamente na vida dos servidores públicos municipais", convoca a presidente da Confetam/CUT, Vilani Oliveira. 

Cada federação/estado poderá indicar até três representantes, com despesas de alimentação e deslocamento para o local do evento bancadas pela Confetam/CUT. Os demais custos - transporte e hospedagem - dos participantes que não integram a direção nacional serão de responsabilidade de cada entidade. 

Serviço:

Seminário Nacional de Negociação Coletiva - Os impactos da Reforma Trabalhista e da Emenda 95 nas Mesas de Negociação Salarial

Mesa de debates  - Um Novo Modelo de Organização Sindical para Enfrentar os Ataques à Classe Trabalhadora e à Democracia

Lançamento - Campanha Salarial Nacional Unificada 2018 dos Servidores Públicos Municipais

Reunião - Direção nacional da Confetam/CUT

Dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2017, em Fortaleza/Ceará (local a ser definido)