Servidores vão a Brasília debater desemprego, aposentadoria, discriminação e justiça fiscal

11/07/2016 - 13:28

Com o cancelamento da Marcha dos Servidores, municipais participarão de audiência pública na CDH do Senado para discutir o mundo do trabalho

A Marcha dos Servidores Públicos a Brasília, prevista para esta terça-feira (12), foi desmarcada. Assim, o movimento sindical do funcionalismo público, que já estava mobilizado e com passagens compradas, participará de audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos (CDH), com o tema "O mundo do trabalho: desemprego, aposentadoria, discriminação e justiça fiscal". 

A audiência integra um ciclo de debates promovido pela CDH, presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), e tem início às 10 horas desta terça-feira (12), na sala 6 da ala Nilo Coelho.

Foram convidados para a audiência pública a secretária de Relações do Trabalho da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Maria das Graças Costa; a coordenadora Nacional da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lúcia Fattorelli; o auditor fiscal Marcelo Metierre; a presidente licenciada da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT), Vilani de Souza Oliveira; e um representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Do Ceará, cerca de 100 servidores municipais de todo o estado vão a Brasilia combater as medidas conservadoras do governo interino, que age contra os trabalhadores ao propor o desmonte das conquistas sociais e trabalhistas previstas na Constituição e na CLT.

O debate poderá ser acompanhado pelo portal e-Cidadania ou pelo Alô Senado (0800612211).