Fetam/SP declara total apoio à greve dos municipais de Curitiba

14/06/2017 - 18:05

Dirigida ao prefeito Rafael Greca e ao presidente da Câmara, nota denuncia que Prefeitura quer retirar direitos de mais de 30 mil servidores

A Federação dos Trabalhadores da Administração do Serviço Público Municipal no Estado de São Paulo (Fetam/SP) encaminhou nesta quarta-feira (14) ao prefeito de Curitiba, Rafael Greca, e ao presidente da Câmara Municipal, Sergio Balaguer, nota de apoio à greve dos servidores públicos municipais que, em assembleia da categoria, decidiram cruzar os braços, em 12 de junho, para barrar a tramitação na Casa do chamado "pacote de maldades" da Prefeitura.

Na nota, a FETAM/SP presta solidariedade ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Curitiba (Sismuc) e cobra coerência do prefeito, e do bloco de vereadores que lhe dá sustentação no Legislativo Municipal, no discurso de "combate ao déficit" das contas públicas.

"Se há déficit nas contas do município, a responsabilidade não é dos servidores que, mesmo sob condições de trabalho adversas, diuturnamente asseguram o atendimento à população nas várias áreas das políticas públicas", diz o texto.

Confira a íntegra da Nota de Apoio ao Sismuc:

A FETAM-SP vem a público declarar total apoio às mobilizações dos trabalhadores e trabalhadoras municipais de Curitiba, que deflagraram uma greve no dia 12/06 e ocuparam a Câmara Municipal contra o pacote de medidas do prefeito Rafael Greca que retiram direitos de mais de 30 mil servidores.

Se há déficit nas contas do município, a responsabilidade não é dos servidores que, mesmo sob condições de trabalho adversas, diuturnamente asseguram o atendimento à população nas várias áreas das políticas públicas.

É injusto que os trabalhadores paguem a conta e sejam penalizados por problemas que deveriam ser equacionados por outras medidas, a exemplo do combate à sonegação e a evasão fiscal que desviam milhões de recursos dos cofres públicos, em favor de grandes empresas e grupos econômicos.

Conclamamos a população a apoiar as lutas do SISMUC e aos vereadores para que rejeitem o pacote de maldades apresentado pelo prefeito.

São Paulo, 14 de junho de 2017
Direção da FETAM-SP