Sindsep/SP quer anulação de edital e manutenção do Ibirapuera como parque municipal

13/03/2019 - 15:32

Empresa denunciada em esquemas venceu edital de concessão do Parque do Ibirapuera.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), quer entregar vários parques da cidade nas mãos da empreiteira Construcap, denunciada em esquemas de corrupção e que teve um dos donos preso em 2016. 

Os envelopes de concessão do Ibirapuera e de outros cinco parques municipais foram abertos nesta segunda-feira, 11 de março. A Construcap fez uma proposta de R$ 70,5 milhões, vencendo a licitação que administrará por 35 anos os parques, a contar da assinatura do contrato. 

No entanto, a empresa só poderá administrar os parques após a elaboração de um plano diretor do Ibirapuera. Assim, a concessão fica suspensa por até seis meses, prazo estabelecido para o município elaborar o plano.

O Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep/SP) tem posição contrária às privatizações e concessões de equipamentos públicos municipais. O Parque do Ibirapuera deixará de estar a serviço do entretenimento, da cultura e do lazer da cidade para ser um objeto privado, por mais de três décadas, para os lucros de uma empresa com histórico de envolvimento com políticos e esquemas.

Exigimos a anulação do edital e a manutenção do Parque do Ibirapuera como parte dos parques municipais de São Paulo! 

Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo -  Sindsep/SP