Campanha Salarial 2019: prefeito de N. S da Glória apresentará resposta à pauta de reivindicações

23/01/2019 - 17:33

Gestor analisará evolução da receita antes de responder à demanda dos trabalhadores.

Após conquistar o aumento salarial de 4,6% para todos os cargos efetivos do funcionalismo público municipal, a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Nossa Senhora da Glória (SE) dá continuidade à campanha salarial 2019, reunindo-se com o prefeito Chico do Correio (PT) na última sexta-feira, (18), para tratar das demais reivindicações da categoria.

Durante a reunião o prefeito Chico do Correio sinalizou que existe a possibilidade de atender, ainda neste ano, algumas das demandas apresentadas pelos servidores por meio do sindicato. A exemplo da mudança da data base do aumento salarial, do mês fevereiro para o mês de janeiro; a implantação de um dos auxílios; a revisão do salário base de algumas categorias e a regulamentação dos adicionais de insalubridade e periculosidade.

Segundo o prefeito, ele e a sua equipe irão esperar fechar o primeiro quadrimestre financeiro de 2019 para analisar a evolução da receita e o gasto com pessoal da Administração. Em seguida, volta a se reunir com os representantes da entidade sindical, no dia 02 de maio, para dar um posicionamento definitivo sobre o pleito dos servidores.

O presidente do Sindiserve Glória, Marcos Rogério, avalia positivo o compromisso do prefeito em apresentar um posicionamento concreto. "A pauta de reivindicações da categoria já é de conhecimento da Administração, já que há alguns anos o sindicato vem reivindicando que o prefeito atenda ao pleito do funcionalismo público. Por isso, avaliamos como positivo saber que, após anos de negociação, o prefeito vai dar uma resposta aos servidores em relação a essas questões que se acumulam," diz Rogério.

Participaram da reunião representando o Sindiserve Glória, o presidente Marcos Rogério, o tesoureiro José Carlos, a vice-presidenta Valdenice Teles, a diretora suplente Maria do Carmo, e a diretora de comunicação e presidenta da Federação dos Servidores Públicos Municipais de Sergipe (FETAM) Itanamara Guedes.

Campanha Salarial - No dia 22 de dezembro de 2018, em Assembleia Geral do Sindiserve Glória, os servidores lançaram a campanha salarial de 2019 “Juntos Por uma Carreira Digna: Aumento Salarial e revisão do Plano de Cargos, Carreira e Salários”.

Conheça a pauta de reivindicações da categoria:

1. Manutenção da política de valorização do aumento salarial anualmente para todas as categorias, baseada no índice da inflação anual e no crescimento econômico do país e do município dos últimos dois anos.

2. Revisão do Plano de Cargos, Carreira e Salários:

- Reorganização dos cargos e grupos ocupacionais.

- Revisão do salário-base inicial dos grupos ocupacionais III, IV e de algumas categorias dos grupos VI e VII.

- Regulamentação dos adicionais de insalubridade e periculosidade.

- Implantação da gratificação de risco para os servidores que trabalham com as medidas socioeducativas em meio aberto.

- Revisão do percentual da evolução horizontal por tempo de serviço de 2,5% (dois e meio por cento) para 3% (três por cento), sendo pago anualmente 1% (um por cento).

- Garantir a todos os servidores o acesso ao desenvolvimento vertical por grau de escolaridade e titulação profissional.

3. Reativação da Comissão Permanente de Negociação para tratar da revisão do Plano de Cargos e Carreiras com intuito de melhorar as condições de trabalho e salário dos servidores.

4. Construção e aprovação do PL de organização do calendário de férias.

5. Regulamentação da gratificação de desempenho.

6. Implantar a política de gestão do trabalho e educação permanente visando à valorização e capacitação dos trabalhadores municipais, observando as normas previstas na Norma Operacional de Recursos Humanos do SUAS, SUS e da LDB.

7. A revisão da tabela salarial ocorrerá anualmente no primeiro dia útil do mês de janeiro.

8. Garantir a transparência no processo do certame do concurso público para o provimento de cargos para as áreas de Assistência Social, Saúde, Educação, Administração Geral. Convocar todos os aprovados no Concurso público, e se houver necessidade para garantir o funcionamento do funcionalismo público convocar os classificados.

9. Implantação do auxílio-saúde e do auxílio-alimentação.