Haddad: Bolsonaro foge de debates pois sua campanha é baseada em mentiras

16/10/2018 - 15:20

Para o candidato do PT no segundo turno das eleições 2018, Bolsonaro pode, rapidamente, promover estragos no país. "Vai acabar com a Amazônia. Vai perder acordos comerciais com a União Europeia".

O candidato do PT às eleições 2018, Fernando Haddad, concedeu uma entrevista aos jornalistas Florestan Fernandes Junior e Luiz Nassif, para a Rede Minas, em parceria com a Rede Minas e o Jornal Brasil em Rede. Haddad falou sobre economia, ecologia e propostas para o país, além de comentar a ausência de seu oponente no pleito, Jair Bolsonaro(PSL), em debates. 

"Lamento que hoje não estou debatendo com meu opositor. É compreensível sua ausência, já que a campanha dele está baseada unicamente em mentiras divulgadas por WhatsApp. Se desligar o aplicativo por cinco dias, ele desaparece", comentou sobre a campanha de Bolsonaro nas redes sociais. 

Haddad lamentou que Bolsonaro tenha "uma visão autoritária, truculenta e violenta do mundo", ao comentar a escalada do ódio inspirada nos discursos do "mito". "Eu, como professor, agradeço a Deus por aprender com a diferença. Ele vê a diferença como inimigo", disse.

O candidato do PT vê oJair Bolsonaro como uma continuidade de Michel Temer. "Bolsonaro vai adotar o neoliberalismo no Brasil. O neoliberalismo tem um pressuposto: a retomada do crescimento só se dará com a exclusão das pessoas. Com achatamento salarial, corte de salários. Meu modelo de economia é com mais gente e não menos gente. Mais direitos e não menos direitos. Não acredito que a reforma trabalhista do Temer, apoiada pelo Bolsonaro e pelo Paulo Guedes, vai resultar em aumento de poder de compra do trabalhador. A tendência é reduzir ainda mais."