Confetam convoca municipais para Dia Nacional de Paralisações nesta sexta (20)

16/09/2019 - 16:25

Trabalhadores do setor público e da iniciativa privada se juntam aos movimentos sociais num protesto nacional contra a destruição do Brasil pelo desgoverno Bolsonaro.

A Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam/CUT) convoca servidores e servidoras públicas municipais de todo o Brasil, organizados pelas federações e sindicatos da categoria, a aderirem ao Dia Nacional de Paralisações e Manifestações contra a Destruição do Brasil, convocado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT/Brasil) e demais centrais sindicais para esta sexta-feira (20).

Deliberado em plenária sindical realizada no último dia 5, em Brasília, o Dia Nacional de Paralisações incluirá na pauta a defesa do serviço público, das empresas estatais e da soberania do país. “Nós vamos estar na luta contra a privatização das estatais, especialmente a da Casa da Moeda”, afirmou a secretária de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Confetam/CUT, Irene Rodrigues. Juntamente com a secretária-geral da entidade, Jucélia Vargas, e a secretária de LGBT, Sueli Adriano, Irene representou o Ramo dos Municipais na plenária.

Nesta sexta (20), trabalhadores do serviço público federal, estadual e municipal, da iniciativa privada e movimentos sociais irão mais uma vez às ruas protestar contra o desgoverno Bolsonaro e defender o meio ambiente, os direitos, a educação pública de qualidade, os empregos e a aposentadoria, seriamente ameaçada pela reforma da previdência. Já aprovada pela Câmara dos Deputados, a reforma avança com celeridade no Senado. A votação em primeiro turno no Plenário da Casa está prevista para o dia 24.

Por isso, orientamos os dirigentes sindicais do Ramo dos Municipais a mobilizarem suas bases para manifestações e paralisações nos locais de trabalho durante a manhã. À tarde os trabalhadores e trabalhadoras das prefeituras devem engrossam os atos do Dia Nacional de Paralisações, realizados nos municípios, regiões e capitais de todos os estados.

As mobilizações do Dia Nacional de Paralisações contra a Destruição do Brasil se somarão aos atos do 20 de Setembro, mesmo dia da Greve Global pelo Clima. Na data, ocorrerão diversas manifestações pelo mundo em defesa do meio ambiente.